Segundo professor testa positivo para a covid-19 em Manaus, diz Asprom

A primeira foi uma educadora da Escola de Tempo Integral Maria do Céu.

Redação AM POST

O Sindicato dos Professores e Pedagogos das Escolas Públicas do Ensino Básico de Manaus (Asprom), confirmou na noite desta terça-feira (11), mais um professor diagnosticado com o novo coronavírus.

De acordo com o sindicato, o educador é do turno noturno da escola Estadual Agenor Ferreira Lima, que se localiza na Avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus.

Ele é o segundo a testar positivo, a primeira foi uma professora da Escola de Tempo Integral Maria do Céu, na Zona Norte da capital.

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-AM) informou por meio de nota que, nesta terça-feira (11), os estudantes e servidores da escola foram liberados para nova desinfecção no local, conforme procedimentos previstos nos Protocolos de Saúde junto à Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

Uma professora, identificada como Priscila Soares, divulgou vídeo nas redes sociais pedindo ajuda na luta dos docentes contra o retorno das aulas presenciais na capital.

O Governo do Amazonas tem feito a sanitização nos colégios, cabines com álcool em gel foram instaladas, além dos outros regulamentos para o melhor cuidado contra a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o Ministério da Saúde, a pessoa infectada sente os sintomas de 5 até os 14 dias após o contágio.