Suspeito de estuprar bebê de dois anos é morto a tiros em Manaus

O homem já possuía passagem policial pelos crimes de tráfico de drogas, abuso de vulnerável e abandono de incapaz.


Redação AM POST
Na madrugada deste domingo (30), Davy da Mota Castro, 38, acusado estuprar uma criança de apenas dois anos de idade foi encontrado morto dentro de casa.

Segundo informações da Polícia, o homem foi surpreendido com seis tiros de uma pistola calibre 40, ao atender a porta de sua casa, por volta de 01h da manhã. Davy já possuía passagem policial pelos crimes de tráfico de drogas, abuso de vulnerável e abandono de incapaz. Os tiros atingiram a cabeça e rosto da vítima.

O assassinato aconteceu no beco da Ferinha localizado entre a rua Cacto e Av. Peixe Cavalo, na Comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.

Vizinhos relatam que Davy atuava como pedreiro e morava em sua casa sozinho há três meses.

O suposto estupro
Davy da Mota foi detido na madrugada de sábado (29), acusado de tentativa de abusar e abandonar a enteada de dois anos, mas foi liberado após prestar depoimento.

Um grupo de vizinhos denunciaram que homem estava sozinho na casa com uma criança que chorava muito e que, a mãe e o namorado são usuários de drogas.

A Polícia Militar chegou ao endereço, encontraram a criança desmaiada, seminua e suja de fezes; e Davy perto da bebê.

A vítima e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde o caso foi registrado. Horas depois, a mãe foi localizada e prestou esclarecimento na delegacia.