Vereador Daniel Vasconcelos tem mandato cassado por infidelidade partidária

Ele assumiu a vaga pelo PMN mas já estava filiado ao PSC.

Redação AM POST

O vereador, Daniel Amaral de Vasconcelos, teve mandato cassado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), no último sábado (1º), em decisão do juiz Luís Felipe Avelino Medina, integrante da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), que também determinou que o terceiro suplente de seu partido, Elmison Bezerra, tome posse do cargo.

O paramentar, que assumiu a vaga por ser primeiro suplente, foi cassado por infidelidade partidária. Ele e Elmison foram eleitos suplentes pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), em 2016, numa coligação com a Rede Sustentabilidade, que fez dois vereadores.

Tanto o partido quanto Elmison Bezerra acionaram o TRE-AM pois Daniel Vasconcelos assumiu o cargo pelo PMN mas já estava filiado ao Partido Social Cristão (PSC).