Veto a ‘Lei do Gás’ é mantido pela maioria dos deputados da Aleam

A votação foi definida por 15 votos favoráveis ao veto e 6 contrários.

Redação AM POST

Durante votação na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) nesta quinta-feira (13) a maioria dos deputados decidiu manter veto do governo do Estado ao projeto de lei 153/2020, que abre o mercado do gás, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PRTB). A votação foi definida por 15 votos favoráveis ao veto e 6 contrários.

Votaram pela manutenção do veto, os deputados: Adjuto Afonso (PDT), Alessandra Campelo (MDB), Álvaro Campelo (Progressistas), Augusto Ferraz (DEM), Cabo Maciel (PL), Felipe Souza (Patriotas), Doutor Gomes (PSC), Joana Darc (PL), João Luiz (Republicanos), Mayara Pinheiro (Progressistas), Roberto Cidade (PV), Saullo Vianna (PTB), Wilker Barreto (Podemos), Therezinha Ruiz (PSDB) e Carlinhos Bessa (PV).

Para derrubar o veto votaram apenas os deputados: delegado Péricles (PSL), Fausto Júnior (PRTB), Ricardo Nicolau (PSD), Sinésio Campos (PT), Serafim Corrêa (PSB) e o presidente Josué Neto (PRTB). Belarmino Lins (Progressistas), Dermilson Chagas (Podemos) e Abdala Fraxe (Podemos), não votaram por não estar presentes na sessão híbrida.