“A CPI deveria ser permanente. É nosso papel fiscalizar”, diz Delegado Péricles

De acordo com Péricles, os resultados da Comissão são incontestáveis e, diante da dimensão de fatos que ainda precisam ser apurados.


Redação AM POST
Com data de término dos trabalhos para o próximo dia 28 de setembro, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde aprovou, no início da tarde desta segunda-feira (14), requerimento de autoria do deputado estadual Delegado Péricles (PSL) que pede a prorrogação dos trabalhos. O documento será encaminhado à presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) a fim de que seja levado para votação em plenário. A Comissão teve início no dia 26 de maio e, caso tenha prorrogação, irá até 29 de novembro.

Presidente da CPI e também autor da propositura que deu início à Comissão, Delegado Péricles defendeu a continuidade dos trabalhos e afirmou, ainda, que a Comissão Parlamentar deveria ser permanente. “A CPI da Saúde tem pautado a gestão – mostrado que é possível e urgente gerir o dinheiro público com responsabilidade – e tem revelado atos ilícitos que, se não fosse a sua existência e eficácia, seguiriam escondidos perpetuando a corrupção na saúde do nosso estado. Eu defendo não só a continuidade da CPI da Saúde, mas também a ideia de que a CPI deveria ser permanente. É nosso papel fiscalizar. Seja na saúde, na segurança pública, na educação”, afirmou.

De acordo com Péricles, os resultados da Comissão são incontestáveis e, diante da dimensão de fatos que ainda precisam ser apurados, ele espera que a prorrogação receba apoio dos parlamentares em plenário. “Hoje apresentei o requerimento. Tivemos apenas um voto contrário, do Dr. Gomes (PSC). A CPI tem dado ótimo resultado, apontando muitas irregularidades e sabemos de muitos outros casos que ainda precisamos apurar e que serão de fato investigados caso ela tenha continuidade. Espero contar com o entendimento dos colegas parlamentares sobre a importância de tudo o que vem sendo feito pela nossa população”, concluiu.

*Com informações da Assessoria de Imprensa