Ex-prefeito de Itacoatiara tem 30 dias para devolver quantia milionária aos cofres públicos

O Tribunal de Contas reprovou as contas de Mamoud Amed referentes a gestão de 2016.


Redação AM POST
O ex-prefeito de Itacoatiara (distante 170 quilômetros distante de Manaus) Mamoud Amed Filho encontrou um obstáculo em sua pré-campanha para tentar novamente o cargo que ocupou durante grande parte da sua vida: terá que devolver mais de R$ 30 milhões ao município.

O sonho de voltar a ser prefeito parece meio distante nessa etapa de pré-campanha, principalmente quando se tem apenas 30 dias para devolver mais de R$ 30 milhões aos cofres públicos. O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) reprovou as contas de Mamoud Amed referentes a gestão dele em 2016.

O órgão publicou no Diário Oficial, no dia 3 de setembro que, o ex-prefeito deverá devolver aos cofres públicos o valor total de R$ 30.137.524,26 (trinta milhões, cento e trinta e sete mil, quinhentos e vinte e quatro reais e, vinte e seis centavos), tendo 30 dias para entregar o valor ou apresentar documentos e/ou justificativas como sua defesa.

Confira a publicação: