“Somos uma nação temente a Deus”, diz Bolsonaro em pronunciamento

Ele afirmou que em seu governo, não abrirá mão da preservação da soberania, democracia e liberdade.

Redação AM POST

O presidente, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), fez seu pronunciamento oficial na noite desta segunda-feira (7), para comemorar o dia da Independência da República.

Em sua fala, Bolsonaro relembrou a história contada sobre a Independência e afirmou que a data merece ser comemorada pois nos deu liberdade e poder para decidir democraticamente.

“A independência do Brasil merece ser comemorada hoje, dos nossos lares e em nossos corações. A independência nos deu a liberdade para decidir nossos destinos e a usamos para escolher a democracia. Formamos um povo que acredita poder fazer melhor. Somos uma nação temente a Deus que respeita a família e que ama a sua pátria. Orgulho de ser brasileiro”, disse Bolsonaro.

O presidente também citou a importância da miscigenação e as diversas culturas que influenciou.

“A identidade nacional começou a ser desenhada com a miscigenação entre índios, brancos e negros. Posteriormente, ondas de imigrantes se sucederam trazendo esperanças que em suas terras haviam perdido. Religiões, crenças, comportamentos e visões eram assimilados e respeitados. O Brasil desenvolveu o senso de tolerância, os diferentes tornavam-se iguais. O legado dessa mistura é um conjunto de preciosidades culturais, étnicas e religiosas, que foram integradas aos costumes nacionais e orgulhosamente assumidas como brasileira”, afirmou.

Por final, Bolsonaro afirmou que em seu governo, não abrirá mão da preservação da soberania, democracia e liberdade.

“Como Presidente da República, meu amor à Pátria e meu compromisso com a Constituição e com a preservação da soberania, democracia e liberdade, valores dos quais nosso País jamais abrirá mão” completou.

Assista ao pronunciamento: