1º Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia – BIO & TIC no desenvolvimento da região

o objetivo é realizar uma grande mostra com os principais projetos, produtos e serviços em Biotecnologia e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em desenvolvimento na região.

Redação AM POST

Nos próximos dias 2 e 3 de dezembro, a Superintendência da Zona Franca de Manaus promoverá, no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), o “I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia”, com o objetivo de realizar uma grande mostra com os principais projetos, produtos e serviços em Biotecnologia e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em desenvolvimento na região.

Continua depois da Publicidade

Coordenado pelo CBA e pela Associação do Polo Digital de Manaus (APDM), o evento reunirá 21 institutos de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTs) e 21 startups locais. Além de disseminar o trabalho de empresas e institutos da região e a evolução na geração de tecnologias que contribuem com a sustentabilidade da floresta, o Encontro terá também a intenção de demonstrar a importância de investimentos oriundos do modelo Zona Franca de Manaus, a partir de recursos relacionados à Lei de Informática, para o desenvolvimento científico e tecnológico regional.

O evento é aberto ao público em geral e as inscrições são gratuitas, podendo ser feitas por meio da plataforma online de eventos Sympla, no link [CLIQUE AQUI]. Na quarta-feira (2), em virtude de programação prévia com membros do Conselho de Administração da Suframa (CAS) e servidores da Autarquia, a visitação do público em geral será possível entre 17h e 20h. Já na quinta-feira (3), os estandes e os demais espaços da exposição poderão ser acessados por todos os públicos a partir das 14h.

Palestras
A programação do Encontro também contará com apresentações gratuitas e abertas ao público a serem realizadas na quinta-feira (3), entre 14h e 18h45, com duração de quinze a trinta minutos cada. As palestras incluem temas variados, como Polo Digital de Manaus, Polo de Bioeconomia e o trabalho de startups como a Upnewlife e a Navegam e de ICTs como Sidia, Certi, INDT, iTriad, CITS e FPF, entre outros.

Continua depois da Publicidade