Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Após Humaitá, Manicoré declara situação de alerta pelo aumento do nível do rio Madeira

A prefeitura teme que a subida do rio Madeira alcance comunidades de terras de várzea e prejudique a produção agrícola.

  • Por AM POST

  • 19/12/2018 às 12:39

  • Atualizado em 19/12/2018 às 23:20

  • Leitura em dois minutos

Redação AM POST- Jefferson Ramos

O município de Manicoré (618 km de distância de Manaus) declarou estado de alerta nesta terça-feira(18) por causa da elevação do nível do rio Madeira, que se mantêm em ascensão desde o começo da estação de inverno, na região norte. Decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de ontem.

De acordo com cotas pluviométricas dos últimos seis anos, que levam em conta o mês de dezembro de cada ano, o mês de dezembro de 2018, registrou 21,11 mm. O maior nível registrado desde dezembro 2013, cuja cota pluviométrica foi de 19,40 mm.

PUBLICIDADE

O decreto foi motivado pela preocupação da prefeitura de Manicoré com a iminente inundação da parte de cima quanto da parte de baixo do município. A cheia do rio Madeira ameaça inundar também comunidades de terras firmes e com isso prejudicar a atividade de agricultura de subsistência praticada em áreas de várzea, que ficam inundadas durante as cheias.

O prefeito de Manicoré, Sebastião Pimentel de Medeiros (PSD-AM), autorizou a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem em conjunto com a coordenadoria municipal de defesa civil em ações de monitoramento de elevação do nível do rio Madeira.

No último domingo (16), o Portal AM POST mostrou que o município de Humaitá (696 km de distância de Manaus), banhado pelo Rio Madeira, também havia decretado estado de alerta devido ao grande acúmulo de chuvas nos últimos dias.

PUBLICIDADE

Segundo a agência Clima tempo, é esperado que as chuvas continuem até o dia 28 de dezembro e gerem o acumulado de 260 mm, em Manicoré. Só no dia 28, é previsto que chova 80 mm. Hoje (19), a probabilidade de chuva é de 80%, com 12 mm de precipitação.

Situação de Alerta

PUBLICIDADE

A situação de alerta antecede o estado de emergência e geralmente é declarada por órgãos de monitoramento meteorológico e da defesa civil. Quase sempre dura algumas horas e não dá permissão à administração pública para contratar serviços ou produtos sem o devido processo de licitação. Os órgãos da defesa civil também são avisados de que pode vir alagamento, enchente, inundação, deslizamento de encostas e ficam de prontidão.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank