Amazonas

Balsas usadas para a prática de garimpo ilegal de ouro foram destruídas pela Polícia Federal no Amazonas

A operação é conjunta com o IBAMA e resultou na destruição de 23 balsas/dragas.


Redação AM POST

Mais de 20 balsas usadas para a prática de garimpo ilegal de ouro foram destruídas pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (4), na calha do Rio Madeira, próximo a Autazes, no Amazonas.

Continua depois da Publicidade

A operação é conjunta com o IBAMA e resultou na destruição de 23 balsas/dragas. A ação também teve a participação de Policiais Federais do Grupo de Pronta Intervenção e fiscais do IBAMA.

De acordo com a PF, atualmente toda a atividade de lavra de ouro no Rio Madeira é ilegal e, portanto, as ações objetivando a desintrusão dessa importante hidrovia federal continuarão a ser realizadas, assim como serão estendidas em 2022 a outras regiões de garimpo ilegal detectadas no Estado do Amazonas.