O portal de notícias da Amazônia



Amazonas

Carnaboi 2024 recebe ações de acessibilidade e segurança para crianças e adolescentes

Sejusc levou equipes para o evento, que aconteceu no Studio 5.

  • Por AM POST

  • 11/02/2024 às 15:55

  • Leitura em dois minutos

blank

Foto: Lincoln Ferreira/Sejusc

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), levou para as duas noites do Carnaboi 2024, acessibilidade para PcD, além de garantir a segurança de crianças e adolescentes. Realizado pela primeira vez no Studio 5 nos dias 10 e 11 de fevereiro, o evento reuniu os serviços do Estado presentes em outras iniciativas do Carnaval na Floresta, garantindo direitos e prevenindo violências.

Mais de 200 profissionais da Sejusc atuaram no Carnaboi 2024. Ao longo das duas noites festivas, eles desempenharam funções de apoio ao público por meio do Espaço Acessível, realizando a triagem de crianças e adolescentes. Além disso, mantiveram a Central de Achados & Perdidos, que não registrou ocorrências, e as abordagens preventivas a violências com o público em geral.

PUBLICIDADE

Durante os dois dias do evento, 96 pessoas, entre PcD e seus acompanhantes, utilizaram o Espaço Acessível. No Studio 5, o público com mobilidade reduzida teve à disposição uma entrada exclusiva, diferente do que acontece em outros espaços.

A secretária titular da Sejusc, Jussara Pedrosa, falou sobre a importância da atuação dos agentes da pasta no período. “Esse é um evento que reúne órgãos do Estado para garantir a segurança da população. É claro que a Sejusc, enquanto órgão atuante para a prevenção de violações de direitos, se faria presente para, mais uma vez, garantir o melhor para a população” explicou.

Em relação às crianças e adolescentes, a triagem foi feita com base na Portaria 003/2023, da Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), que proíbe a presença de menores de 12 anos em eventos carnavalescos.

PUBLICIDADE

Outro serviço com foco nas crianças e adolescentes, foi a identificação dos que tinham autorização para entrar, que apresentavam a documentação e estavam na faixa etária adequada. Para isso, foram distribuídos mais 200 crachás.

Redação AM POST

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank