CPI da Educação foi o tema mais comentado da semana na Assembleia Legislativa do Amazonas

O objetivo para esta CPI seria para apurar as aplicações dos recursos destinados à Educação.

Redação AM POST

Durante a semana de 19 a 23 de outubro, o tema mais discutido entre os deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) foi a necessidade de instauração de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) – desta vez para tratar sobre os gastos do Governo do Estado com a educação.

Já na primeira Sessão Plenária da semana, na terça-feira (20), os professores da rede pública do estado que fazem parte do Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom Sindical), estiveram no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) durante uma Cessão de Tempo para cobrar a abertura da CPI. A oportunidade provocou mais uma vez a insistência dos deputados estaduais Dermilson Chagas (Podemos) e Wilker Barretos (Podemos) que defendem a instauração da CPI na Assembleia. Na tarde do mesmo dia, os membros da CPI da Saúde entregaram o relatório de atividades da Comissão à Procuradoria da República no Amazonas.

Continua depois da Publicidade

Na Sessão seguinte, na quarta-feira (21) os deputados aprovaram, entre as dez matérias que constavam na pauta de votação, a criação do Cartão Social, para beneficiar famílias amazonenses que estão em situação de extrema pobreza em razão da pandemia causada pelo novo Coronavírus, de receber R$ 200,00 durante três meses, a partir de janeiro de 2021.

Na quinta-feira (22) a questão da CPI da Educação voltou à tona, trazida por Dermilson Chagas e Wilker Barreto (Podemos), que mais uma vez ressaltaram a importância de se apurar as aplicações dos recursos destinados à Educação.

Paralelo ao plenário, a Campanha Doador Legal, de Doação de sangue da Assembleia em parceria com o Hemoam, levou mais uma vez dezenas de servidores ao gesto solidário de doação de sangue no primeiro dia da campanha que se estende até o próximo dia 31 de outubro.

Continua depois da Publicidade

Encerrando a semana, na sexta-feira (23) a Comissão de Saúde da Assembleia promoveu uma live nas redes sociais para que a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) apresentasse os dois relatórios quadrimestrais de atividades de 2020, referente ao período entre janeiro e agosto. Na apresentação foram expostas ações e sugestões para rapidez no diagnóstico de câncer de colo de útero, mortalidade infantil e ampliação de ofertas de vacinas de HPV.

* Com informações da Assessoria de Imprensa