Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Crédito Rosa: Programa liberou R$ 10 milhões de crédito para microempreendedoras em 2023

Criado em 2022, o programa já beneficiou mais de 6 mil mulheres empreendedoras.

  • Por AM POST

  • 12/12/2023 às 14:55

  • Leitura em quatro minutos

Foto: Antônio Lima/Secom

Focado na independência financeira das mulheres, o projeto Crédito Rosa beneficiou, em 2023, mais de 1.700 mulheres. Ao todo, R$ 10 milhões foram disponibilizados, impactando positivamente a vida de mulheres em 34 municípios do Amazonas. O Crédito Rosa é oferecido pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) em colaboração com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), por meio do Termo de Cooperação Técnica.

A secretária titular da Seas, Kely Patrícia, enfatizou a marca notável de R$ 10 milhões como um reflexo das facilidades proporcionadas às mulheres ao solicitarem o financiamento.

PUBLICIDADE

“Com as facilidades, as mulheres tiveram mais acesso ao Crédito Rosa, porque diminuiu a burocracia. Elas conseguem buscar e ter um índice maior de aprovação. A meta é crescer esse número, fazer com que essas mulheres tenham mais autonomia”, ressaltou a secretária da Seas, Kely Patrícia.

Em meio aos esforços contínuos do Governo do Estado para apoiar o empreendedorismo feminino, o diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinicius Castro, ressaltou o compromisso da agência em oferecer acesso descomplicado ao crédito para mulheres empresárias por meio do programa de financiamento Crédito Rosa.

“Estamos comprometidos em impulsionar o empreendedorismo feminino. E reconhecemos o papel fundamental das mulheres na construção de uma economia resiliente para o nosso estado. O resultado desse trabalho contínuo em parceria com a Seas reflete no volume recorde de mais de R$10 milhões aplicados, que traduz um ambiente de negócios mais inclusivo e equitativo”, disse o diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinicius Castro.

PUBLICIDADE

No bairro São Francisco, na zona sul de Manaus, mora uma das mulheres contempladas com o Crédito Rosa este ano. É a Naby Rodrigues, de 55 anos. Ela trabalha com confecção de bolsas desde 2020, quando enfrentou um câncer no endométrio e precisou ficar de repouso em casa. Foi na costura que ela encontrou um novo meio de ganhar dinheiro e de se sentir bem novamente.

Em março, a costureira descobriu o programa Crédito Rosa enquanto navegava na internet. Enquanto trabalha em uma nova encomenda, Naby Rodrigues relata a rapidez do processo de liberação de crédito. Com o dinheiro, ela adquiriu uma máquina de costura industrial, capaz de atender à sua alta demanda atual.

PUBLICIDADE

“Eu recebi R$ 3 mil e investi nessa máquina de costura, que hoje me ajuda demais aqui. A máquina doméstica era boa, mas não dava ainda o acabamento que eu queria. Mais para frente, com um novo crédito, pretendo investir em uma máquina de bordado, porque as clientes gostam do material personalizado. O Crédito Rosa foi meu sonho realizado, porque queria uma máquina assim”, disse a costureira.

Crédito Rosa

Voltado para mulheres que empreendem e atuam no mercado de trabalho autônomas ou Microempreendedora Individual (MEI), o Crédito Rosa é oferecido pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam) e conta com a parceria da Seas, por meio de Termo de Cooperação Técnica.

PUBLICIDADE

Com financiamentos que variam de R$ 500 a R$ 21 mil, de acordo com a análise de crédito da solicitante, o programa financia as principais despesas operacionais necessárias para a implantação, manutenção, ampliação e modernização da atividade produtiva. Além de auxiliar na aquisição de máquinas, equipamentos, móveis e utensílios para as empreendedoras.

Desde sua implementação, em março de 2022, o programa Crédito Rosa já atendeu mais de 6 mil mulheres no Amazonas. Mais de 400, em todo o estado, receberam concessão de crédito.

Redação AM POST

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank