Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Delegado-geral da PC-AM defende Débora Menezes em inquérito que investiga possível uso político da Segurança Pública

Fraga alegou que as denúncias de interferência de políticos nas ações de segurança pública, que ganharam a mídia nas últimas semanas, foram motivadas por interesse político.

  • Por AM POST

  • 14/06/2024 às 14:30

  • Leitura em dois minutos

Em uma resposta formal ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM), o delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas, Bruno Fraga, defendeu a presença de políticos em eventos institucionais das forças de segurança pública. O documento enviado diz respeito ao Inquérito Civil nº 06.2024.00000398-7, instaurado no dia 24 de maio, que investiga possíveis utilizações do Sistema de Segurança Pública como ferramenta de promoção política por membros do Executivo e Legislativo do Estado do Amazonas.

A resposta de Fraga se concentrou em particular na participação da deputada Débora Menezes (PL) em coletivas de imprensa da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), um fato que gerou polêmica e levou à abertura do inquérito. O delegado-geral argumentou que a presença da parlamentar em tais eventos não configura uma utilização política indevida do sistema de segurança pública.

PUBLICIDADE

O caso iniciou devido polêmica envolvendo a deputada e a delegada Joyce Coelho, então titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), que tem gerado intenso debate nas redes sociais. Em maio deste ano, a situação escalou quando a delegada Joyce Coelho pediu para deixar seu cargo. Imediatamente, Débora foi apontada como a responsável pelo pedido de exoneração.

De acordo com Fraga, Débora Menezes está sendo alvo de um “movimento político de indignação seletiva”. Ele alegou que a deputada está sofrendo ataques coordenados de “portais, blogs e perfis pessoais”, sem citar nomes específicos. Para Fraga, esses ataques têm clara motivação política e resultam em conflitos de interesses políticos evidentes.

Ele justificou que a deputada não participou das ações de investigação, mas a exemplo de outros parlamentares foi convidada a participar de coletivas de imprensa de assuntos que ela tem como bandeira partidária.

PUBLICIDADE



O AM Post apoia a causa autista
blank

O autismo é um Universo Paralelo que incessantemente pede permissão para fixar-se no terreno dos saberes.

- JESUS,D.F

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank