Diário Oficial completa 127 anos e se moderniza ao se tornar eletrônico

Publicação oficial, que faz aniversário neste domingo (15/11), deixa de ser impressa e inicia nova era com o Diário Oficial Eletrônico do Amazonas.

Redação AM POST

Seguindo tendência do mercado global e caminhando em direção a um futuro moderno e sustentável, o Governo do Amazonas, por meio da Imprensa Oficial do Estado (IOA), deixará de distribuir o Diário Oficial na versão impressa e manterá apenas a versão digital da tradicional publicação. A mudança, que marca os 127 anos do periódico oficial, neste domingo (15/11), deu-se com a instituição do Diário Oficial Eletrônico do Amazonas, por meio do Decreto n° 42.994, publicado no último dia 9 de novembro.

O Diário Oficial já vem sendo feito de forma eletrônica desde 17 de dezembro de 2019. A transição para o formato digital assinala o início de uma nova era para a publicação, gerando mais economia, agilidade, transparência e facilitando os fluxos entre os órgãos entre os órgãos da Administração Direta e Indireta do Governo do Estado.

Continua depois da Publicidade

Para o diretor-presidente da Imprensa Oficial, Mário Aufiero, a evolução é “um marco na história do veículo de publicação oficial do Estado do Amazonas”, que, aos 127 anos, mostra-se mais jovem do que nunca, disposto a se adaptar à Era Digital e a cumprir a determinação do governador Wilson Lima em transformar o Governo do Amazonas em uma administração totalmente digital.

“Nós mudamos 127 anos de História. A partir de agora, inauguramos uma nova era na Imprensa Oficial do Estado do Amazonas. O Diário Oficial Eletrônico do Estado do Amazonas, através da agilidade dos recursos tecnológicos, oferece muito mais possibilidades, desde a elaboração dos atos oficias, do envio de matérias, até a publicação oficial e a comodidade do fácil acesso aos registros e às legislações do Estado do Amazonas, via internet, a partir de computadores e dispositivos móveis com recursos de acessibilidade, bem como um ambiente de pesquisa funcional e intuitivo”, destaca o diretor-presidente.

Nova etapa
Após 127 anos sendo distribuído diariamente, a versão impressa do Diário Oficial chega ao fim em atendimento à busca por sustentabilidade e agilidade. A economia gerada vai muito além do papel e tinta, dado que a transformação de todo o processo vai economizar tempo e combustível, além de eliminar várias etapas do atual processo, que pode durar de cinco a sete dias desde a assinatura de um ato até a sua publicação no Diário Oficial, que vai passar a ser publicada no mesmo dia.

Continua depois da Publicidade

Um dos objetivos que já têm sido alcançados é o da sustentabilidade é, uma vez que o processo de elaboração do Diário Oficial já é eletrônico. Tanto é que o Governo do Estado recebeu certificação de compensação ambiental emitida pela PrintReleaf, programa internacional que calcula a quantidade de papel utilizada pelos clientes e iguala ao número de árvores necessárias para o reflorestamento, reduzindo o impacto no meio ambiente. Um dos fatores para isso foi justamente a digitalização do periódico oficial.

“Nós praticamente não estamos usando papel, nós reduzimos a praticamente zero lá na Casa Civil, porque agora todos os procedimentos são digitais, o Diário Oficial do Estado, todo ele hoje é digital. Antes, o diário demorava em média oito dias para ser publicado. Hoje isso acontece praticamente em tempo real”, apontou o governador Wilson Lima.

Multiplataforma
A nova versão também está alinhada com realidade de consumo de informações, possibilitando o acesso por meio de todas as plataformas digitais do que é publicado no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE).

Continua depois da Publicidade

Com o novo formato, as informações oficiais passam a ser publicadas via internet, com validade jurídica garantida por meio de assinatura eletrônica e Certificação Digital, oferecendo segurança, agilidade e desburocratiza…