Amazonas

DNIT determina fechamento Porto de Parintins na semana do Festival

O Governo do Amazonas disse que está em tratativas para solucionar a necessidade de atracação de embarcações e operações de embarque e desembarque em Parintins.


Redação AM POST

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) decidiu interromper a operação do Porto de Parintins, a partir desta quarta-feira (22/06), na sena do Festival Folclórico que acontece de sexta-feira a domingo (24 a 26/06), no Bumbódromo da cidade.

Continua depois da Publicidade

Em nota o Governo do Amazonas afirma que iniciou tratativas com a Marinha do Brasil e a Prefeitura de Parintins para solucionar a necessidade de atracação de embarcações e operações de embarque e desembarque no município pois centenas de embarcações precisam aportar na cidade.

A expectativa é que o 55° Festival Folclórico de Parintins tenha público com cerca de 15% a mais do que o último Festival, realizado em 2019, quando foram contabilizadas 66 mil pessoas.

Leia a nota do Governo do Amazonas na íntegra:
O Governo do Amazonas informa que foi comunicado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) sobre a decisão do órgão federal de interromper a operação do Porto de Parintins, a partir desta quarta-feira (22/06), iniciou tratativas com a Marinha do Brasil e a Prefeitura de Parintins para solucionar a necessidade de atracação de embarcações e operações de embarque e desembarque em Parintins.

Continua depois da Publicidade

O Governo do Amazonas já mobilizou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM) e a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) para, o mais breve possível, apresentar uma solução para atender as centenas de embarcações que precisam aportar na cidade. Tão logo se encontre a solução, o Governo do Estado divulgará as alternativas adotadas.

O Governo do Amazonas esclarece, ainda, que, até a noite de ontem (21/06), o Porto de Parintins estava operando regularmente com a devida autorização do DNIT e da Marinha.

Continua depois da Publicidade