Amazonas

Dono dos supermercados Big Amigão é alvo da Operação Sangria em Manaus

Durante ação a PF apreendeu computadores do escritório de uma das lojas do Big Amigão.


Redação AM POST

A Polícia Federal cumpriu mando de prisão temporária contra o empresário Cristiano da Silva Cordeiro, proprietário dos supermercados Big Amigão, que é um dos oito alvos da Operação Sangria deflagrada na manhã desta terça-feira (30), em Manaus, e apura a atuação de uma organização criminosa instalada no governo do Amazonas com o objetivo de desviar recursos públicos destinados a atender as necessidades da pandemia de covid-19.

Continua depois da Publicidade

Durante ação a PF apreendeu computadores do escritório de uma das lojas do Big Amigão, localizada na Avenida das Torres.

Cristiano Cordeiro é apontado como o responsável por emprestar dinheiro ao empresário Fábio Passos, que revendeu os respiradores ao governo do Estado.