Em Presidente Figueiredo, suspeita de contaminação proposital de covid-19 entre presos é investigada pela polícia

Eles estariam compartilhando máscaras para haver o contágio no intuito de conseguirem prisão domiciliar.

Redação AM POST

A Polícia Civil do Amazonas investiga se detentos em Presidente Figueiredo se contaminaram de propósito com a Covid-19, para deixarem a cadeia. A suspeita é devido ao surto repentino e pedidos constantes de prisão domiciliar.

Continua depois da Publicidade

O juiz Roger Luiz Paz de Almeida, analisa novos pedidos de concessão de prisão domiciliar a presos do 37º Distrito Integrado de Polícia do Município.

Segundo denúncias, os detentos estariam trocando de máscara propositalmente com os demais internos para que aconteça a contaminação. Doze detentos testaram positivo para a doença e isso gerou desconfiança.

Além deles, dois agentes da cadeia também foram contaminados. As visitas dos familiares nas unidades foram suspensas.

Continua depois da Publicidade