Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Governador do Amazonas critica intransigência do Governo Federal sobre a BR-319

Wilson Lima disse que não dá para o Brasil construir uma imagem de preservador do meio ambiente, colocando a população do Amazonas na situação em que está.

  • Por AM POST

  • 20/06/2024 às 18:10

  • Leitura em três minutos

O governador do Amazonas, Wilson Lima, manifestou nesta quinta-feira (20) sua insatisfação com a postura do Governo Federal em relação à recuperação da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho (RO). Em discurso enfático, Lima criticou a falta de ação e a resistência do governo central em avançar com as obras necessárias para a rodovia. O mandatário reuniu, hoje, 30 secretarias e órgãos estaduais para tratar das ações do estado no enfrentamento à estiagem 2024 e combate às queimadas.

“A gente não pode simplesmente aceitar o discurso de que simplesmente não é possível e deixar nossa população aqui de joelho. Não dá para o Brasil construir uma imagem de preservador do meio ambiente, colocando a população do estado do Amazonas na situação em que nós estamos”, declarou Lima.

PUBLICIDADE

A BR-319 é uma via crucial para a região, especialmente em períodos de crise como a seca atual. Segundo o governador, a ausência da rodovia inviabiliza o transporte de produtos acabados, como aparelhos eletrônicos e veículos, que são essenciais para a economia local. A falta de infraestrutura adequada compromete a logística e o desenvolvimento econômico do Amazonas, destacando a importância da recuperação dessa estrada.

Wilson Lima mencionou um relatório recente publicado pelo Ministério dos Transportes, que reforça a viabilidade das intervenções necessárias na parte mais crítica da rodovia, conhecida como Trecho do Meio. Esse segmento se estende da Ponte sobre o Rio Jordão até o entroncamento com a BR-230, abrangendo do km 250 ao km 655,7. O estudo aponta que é possível realizar o projeto de maneira sustentável, conciliando desenvolvimento e preservação ambiental.

“Um relatório que foi divulgado pelo Ministério da Infraestrutura e já era o que nós sabíamos: Que é, sim, possível se recuperar a BR-319”, enfatizou Lima.

PUBLICIDADE

A resistência do Governo Federal em avançar com as obras da BR-319 tem sido um ponto de tensão entre os governos estadual e federal. A rodovia, que foi inaugurada na década de 1970, encontra-se em estado de abandono há anos, e sua recuperação é uma demanda antiga da população e das autoridades do Amazonas.

PUBLICIDADE

O debate sobre a BR-319 não se restringe apenas à infraestrutura e logística, mas também envolve questões ambientais e sociais. A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA), Marina Silva, tem argumentado que a recuperação da rodovia poderia trazer impactos negativos para a Amazônia, uma das regiões mais biodiversas do planeta. No entanto, Wilson Lima e outros defensores da obra sustentam que é possível realizar o projeto de forma sustentável, minimizando os impactos ambientais e promovendo o desenvolvimento econômico da região.

A pressão para a recuperação da BR-319 tem ganhado força, com manifestações de apoio de diversos setores da sociedade amazonense.

O AM Post apoia a causa autista
blank

Essas crianças autistas não estão fugindo ou escondendo-se, elas, de fato, estão perdidas, à espera de que alguém va ao seu alcance.

- Anne Alvarez

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank