Governador do Amazonas diz que situação do oxigênio começa a se estabilizar

Apesar de o risco de faltar o insumo ter diminuído, hospitais do estado continuam transferindo pacientes.

O governador do Amazonas, Wilson Lima, afirmou nesta segunda-feira (18/1) que o estado está conseguindo estabilizar o fornecimento de oxigênio para os hospitais. De acordo com o mandatário, a situação nas unidades de saúde está melhorando graças ao que foi comprado e à produção local. “A gente ainda trabalha contra o tempo para que todos os hospitais tenham oxigênio”, disse.

Apesar do cenário otimista, Lima confirmou que as unidades de saúde de Manaus continuam mandando pacientes para outros estados. Segundo o governador, os cerca de 60 bebês prematuros que sofriam risco de ficar sem oxigênio tiveram a condição normalizada e não serão mais transferidos.

Continua depois da Publicidade

O estado recebe, nesta segunda, pouco mais de 300 mil doses da vacina contra a Covid-19 do Instituto Butantan, para iniciar a campanha de imunização. A expectativa do governador é de que o processo seja iniciado tão logo as doses chegarem a Manaus. Wilson Lima disse que toda a logística já está pronta.

Fonte: Metrópole