Amazonas

Governador Wilson Lima lamenta desfecho trágico do caso de jornalista e indigenista desparecidos no AM

O mandatário prestou solidariedade as famílias das vítimas.


Redação AM POST

O governador do Amazonas, Wilson Lima, lamentou nas redes sociais o desfecho trágico do caso de desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips em Atalaia do Norte, no Amazonas. Um dos suspeitos preso, Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado”, confessou ter assassinado as vítimas.

Continua depois da Publicidade

“Lamento profundamente o triste desfecho do caso do indigenista Bruno e do jornalista Dom. Minha solidariedade às famílias. Agradeço a todas as forças de segurança, em especial aos nossos homens do Corpo de Bombeiros e das Polícias Civil e Militar, que foram decisivos nas buscas”, disse o governador.

Os remanescentes humanos encontrados enterrados no local indicado por Amarildo serão encaminhados para perícia em Brasília. Confirmadas as identificações, serão entregues às respectivas famílias das vítimas.

Continua depois da Publicidade