Governo do Amazonas recebe mais monitores e bombas de infusão do Ministério da Saúde

Os equipamentos serão destinados às unidades da rede estadual, entre elas o Hospital da Nilton Lins.

Redação AM POST

O Governo do Amazonas recebeu, no final da tarde deste domingo (10/11), mais 50 monitores e 373 bombas de infusão enviados pelo Ministério da Saúde (MS). Os equipamentos serão destinados às unidades da rede estadual, entre elas o Hospital da Nilton Lins, que, após requisição, passará a ser administrado, pelo período de 90 dias, pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e será unidade de referência para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Continua depois da Publicidade

Os equipamentos se somam aos respiradores e monitores que já haviam sido enviados ao estado pelo MS, desde o mês de novembro, quando a SES-AM deu início ao plano de contingência para o recrudescimento da Covid-19 no Amazonas. No total, o estado recebeu, em dois meses, 228 respiradores, 130 monitores e 373 bombas de infusão. Ainda está prevista, para os próximos dias, a chegada de mais 50 monitores.

Com o aumento nos números de internações, o Governo do Estado tem investido todos os esforços para a ampliação de leitos exclusivos para o atendimento e tratamento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O número de leitos exclusivos para pacientes Covid-19 cresceu 155%, saindo de 457 para 1.166, número atualizado até a última sexta-feira (08/01).

Além disso, o governador Wilson Lima anunciou, também na sexta-feira, a reabertura do Hospital da Nilton Lins, com a oferta inicial de 81 leitos clínicos e 22 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O fluxo de atendimento na unidade será semelhante ao adotado em 2020. Pacientes que derem entrada na rede de urgência e emergência da SES-AM e precisarem de internação serão regulados, via Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), para os leitos disponíveis no hospital.

Continua depois da Publicidade

Chamamento Público – A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), junto com o Centro de Serviços Compartilhados (CSC-AM), lançou, no sábado (09/01), o chamamento público para realização de Dispensa de Licitação, com o intuito de contratar empresas interessadas em prestar serviços para o Estado, no Hospital Nilton Lins, na zona centro-sul de Manaus.

Recrutamento de profissionais – A SES-AM iniciou o recrutamento de profissionais para o reforço da rede assistencial de saúde pública do Amazonas. Para o Hospital Nilton Lins, devem atuar cerca de 440 profissionais, entre enfermeiros e médicos intensivistas, clínicos gerais, fisioterapeutas, farmacêuticos, técnicos de enfermagem e técnicos da área administrativa.

Continua depois da Publicidade

* Com informações da assessoria de imprensa