Helicóptero da SSP-AM faz resgate aeromédico de homem que sofreu politraumatismos após queda

A vítima caiu de uma altura de dois metros e não sentia as pernas.

Redação AM POST

No início da tarde deste domingo (17/05), o Departamento Integrado de Operações Aéreas (DIOA) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) fez um resgate aeromédico na na Região Metropolitana de Manaus, na Comunidade de São Francisco do Aruaú, distante 100 quilômetros em da capital amazonense.

A vítima trazida de helicóptero para atendimento em Manaus é Orismar Meireles Raulino, de 46 anos. Ele estava trabalhando na estrutura de uma casa quando caiu de uma altura de aproximadamente 2 metros, e sofreu politraumatismos. Recentemente, o homem já havia sofrido um acidente de motocicleta, o que complicou a situação dele com o novo acidente.

Continua depois da Publicidade

Dada a seriedade do ocorrido, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acionou o DIOA para auxiliar no rápido na remoção para Manaus. A aeronave Águia 02 decolou numa missão integrada com um médico, um enfermeiro, além da tripulação.

A vítima foi levada para o Hospital João Lúcio, onde chegou por volta de 14h20. Conforme relato da equipe que fez o transporte, o homem não sentia as pernas.

A tripulação que atendeu a ocorrência foi composta pelo Tenente-coronel PMAM Cavalcante, segundo piloto investigador da Polícia Civil Abner, os operadores aerotáticos sargento PMAM Rêgo e cabo BM Valdenei.

Continua depois da Publicidade

O tempo de voo foi de pouco mais de 1 hora. Na comunidade, Orismar ainda teve que ser transportado de lancha em uma distância de cerca de 5 minutos do local onde estava a aeronave. Pelos meios comuns, a comunidade só poderia ser acessada de barco (via fluvial) numa viagem que duraria em torno de 6 horas.

* Com informações da Assessoria de Imprensa