Pesquisar por em AM POST

Amazonas

IBC da Anatel aponta que Manaus é a única cidade do Amazonas com conectividade alta de internet

O Índice Brasileiro de Conectividade foi criado pela Anatel em 2021, e analisa a conectividade nos estados e municípios brasileiros com base em uma escala de 0 a 100.

  • Por AM POST

  • 23/04/2024 às 14:29

  • Leitura em quatro minutos

Notícias do Amazonas – A desigualdade no acesso à conectividade é um desafio persistente no Brasil, especialmente em regiões afastadas dos grandes centros urbanos. De acordo com o Índice Brasileiro de Conectividade (IBC), divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), apenas a capital do Amazonas, Manaus, é considerada uma cidade com alta conectividade. O restante do estado apresenta índices preocupantes.

O IBC, criado pela Anatel em 2021, analisa a conectividade nos estados e municípios brasileiros com base em uma escala de 0 a 100. Uma pontuação superior a 60,81 é considerada alta; entre 52,33 e 60,81, média; entre 37,26 e 52,33, baixa; e inferior a 37,26, muito baixa. Manaus alcançou um índice de 69,51, situando-se confortavelmente na faixa de alta conectividade. Outros municípios amazonenses estão longe desse patamar.

PUBLICIDADE

Os municípios de Itapiranga, Iranduba, Coari, Rio Preto da Eva e Manacapuru foram classificados como tendo conectividade média, com índices entre 52,33 e 60,81. Itapiranga, com 59,01, está próximo de atingir a conectividade alta, enquanto Iranduba (57,45), Coari (53,17), Rio Preto da Eva (52,88) e Manacapuru (52,86) mantêm-se na faixa média.

Os dados apontam para uma preocupação crescente nas demais áreas do Amazonas, onde a conectividade ainda é baixa ou muito baixa. Nhamundá, Maraã, Ipixuna, Atalaia do Norte e Santa Isabel do Rio Negro registraram os piores índices, todos abaixo de 20. Nessas cidades, a cobertura de 4G alcança menos de 50,4% da população, um fator que impacta significativamente a comunicação e o acesso à informação.

De acordo com a Anatel, a região Norte do Brasil teve um aumento relativo no índice em 2023, com um crescimento de 2,2% em relação ao ano anterior. No entanto, a diferença entre o Norte e outras regiões, como o Sul e o Sudeste, permanece significativa. O Distrito Federal lidera o ranking de conectividade, seguido por Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O Amapá destacou-se como o estado com o maior crescimento em relação ao ano anterior, com um aumento de 10,5% no IBC 2023.

PUBLICIDADE

A discrepância nos níveis de conectividade no Amazonas ressalta a necessidade de políticas públicas voltadas para a inclusão digital e a expansão da infraestrutura de telecomunicações. A falta de conectividade prejudica não apenas a comunicação, mas também a educação, o acesso à saúde e o desenvolvimento econômico das regiões mais remotas.

Enquanto Manaus desfruta de uma alta conectividade, outras partes do estado continuam enfrentando desafios significativos para se manterem conectadas. O acesso à tecnologia e à informação é essencial para o progresso social e econômico, e, sem uma abordagem abrangente para melhorar a conectividade no Amazonas, as disparidades entre regiões e municípios tendem a se agravar.

PUBLICIDADE

Veja o ranking de conectividade no Amazonas:

Manaus – AM 69,51
Itapiranga – AM 59,01
Iranduba – AM 57,45
Coari – AM 53,17
Rio Preto da Eva – AM 52,88
Manacapuru – AM 52,86
Humaitá – AM 52,12
Itacoatiara – AM 51,93
Novo Airão – AM 51,05
Codajás – AM 50,13
Presidente Figueiredo – AM 49,59
Manaquiri – AM 46,38
Anori – AM 45,40
Tapauá – AM 45,20
São Sebastião do Uatumã – AM 44,19
Manicoré – AM 43,98
Beruri – AM 43,74
Borba – AM 43,57
Silves – AM 42,16
Caapiranga – AM 41,85
Canutama – AM 41,58
Careiro – AM 40,93
Parintins – AM 36,78
Tefé – AM 35,04
Careiro da Várzea – AM 34,01
Tabatinga – AM 30,91
Envira – AM 30,77
Carauari – AM 30,07
Eirunepé – AM 29,47
Boca do Acre – AM 29,35
Autazes – AM 28,79
Nova Olinda do Norte – AM 28,77
Lábrea – AM 28,44
Amaturá – AM 27,78
Boa Vista do Ramos – AM 27,57
Benjamin Constant – AM 27,54
Maués – AM 26,69
Apuí – AM 26,62
Urucará – AM 26,42
Itamarati – AM 25,94
Urucurituba – AM 25,68
Barreirinha – AM 25,58
Novo Aripuanã – AM 25,26
Anamã – AM 25,25
Juruá – AM 25,17
Guajará – AM 24,77
Fonte Boa – AM 24,29
Alvarães – AM 23,32
São Gabriel da Cachoeira – AM 22,89
Uarini – AM 22,54
Jutaí – AM 22,43
Japurá – AM 22,40
Tonantins – AM 22,27
Santo Antônio do Içá – AM 21,97
Barcelos – AM 21,81
São Paulo de Olivença – AM 21,04
Pauini – AM 21,03
Nhamundá – AM 19,92
Maraã – AM 19,61
Ipixuna – AM 19,13
Atalaia do Norte – AM 18,99
Santa Isabel do Rio Negro – AM 18,20

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank