Lista tríplice: Vânia Marques é a mais votada para ocupar vaga de desembargadora no TJAM

A promotora é irmã do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o amazonense Mauro Campbell.

Redação AM POST

Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) definiram nesta terça-feira, 30, os três nomes de promotores de Justiça que poderão ser escolhidos pelo governador Wilson Lima (PSC) para ocupar a vaga deixada por Djalma Martins, que se aposentou em fevereiro deste ano.

Continua depois da Publicidade

A favorita a ficar com o cargo, promotora Vânia Marques Marinho, foi a mais votada. Ela é irmã do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o amazonense Mauro Campbell.

De acordo com o TJAM, a vaga de desembargador é reservada constitucionalmente ao MP-AM (Ministério Público do Amazonas). Na quinta-feira, 25, em votação virtual, os membros do órgão ministerial definiram a lista sêxtupla que será encaminhada ao TJAM para formação da lista tríplice.

A expressiva votação de Vânia Marques na eleição foi atribuída também ao prestígio e influência que o ministro Mauro Campbell tem hoje no Judiciário amazonense. Em 2017, Mauro Campbell apoiou Hamilton Saraiva dos Santos, que mesmo ficando em segundo lugar na lista sêxtupla do MPE, atrás de Fábio Monteiro, acabou sendo nomeado pelo então governador José Melo após ser o mais votado na lista tríplice do pleno do TJAM.

Continua depois da Publicidade

Vânia Maria Marques Marinho é graduada em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), desde 1995, mestre em Direito Ambiental pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), desde 2004 e doutoranda em Direito Público pela UFMG/UEA. Atualmente, atua como promotora de Justiça de entrância final do Ministério Público do Estado do Amazonas. Vânia, também, atua como professora estatutária da UEA na área de Direito Ambiental.