Amazonas

Ministério Público do AM quer gastar R$ 20 milhões em compra de imóvel para abrigar Promotorias de Justiça

Segundo o órgão, as promotorias funcionam em prédios alugados que custam mensalmente aos cofres da instituição cerca de R$186 mil.

Redação AM POST

Na última sexta-feira, 1º de outubro, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) lançou em seu diário oficial um aviso de licitação que visa a eventual compra de um imóvel para abrigar Promotorias de Justiça em Manaus.

Continua depois da Publicidade

O MP-AM justifica que das 39 instalações de promotorias, cerca de 29 atuam em instalações inadequadas, com apenas 10 atuando em espaços físicos que o órgão analisa ser adequado.

Ainda de acordo com o MP-AM, as promotorias funcionam em prédios alugados que custam mensalmente aos cofres da instituição cerca de R$186 mil. O órgão, com a aquisição de um novo imóvel, argumenta que a nova estrutura significaria uma redução de custos.

O valor estimado do investimento em uma nova casa para as promotorias, seria de R$20 milhões e prevê instalações adequadas para receber 50 promotorias de justiça, além de localização acessíveis a locais de interesse ao órgão, que sugere um imóvel localizado na zona centro-sul de Manaus.

Continua depois da Publicidade