Amazonas

MP-AM recomenda suspensão de eventos no aniversário de Coari mas prefeita ignora e divulga programação

A Prefeitura da cidade programou 23 eventos e ignorou a medida que tem por objetivo evitar aglomerações e risco à segurança sanitária da população.

Redação AM POST

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Coari, expediu recomendação à Prefeita Ducirene da Cruz e ao Secretário Municipal de Saúde, Rafael Ferreira, com o intuito de evitar a realização de eventos em comemoração ao 89º aniversário da cidade, previstos para o período de 28/07 a 02/08/2021. A medida tem por objetivo evitar aglomerações e risco à segurança sanitária da população.

Continua depois da Publicidade

No entanto, a prefeitura do município não considerou a recomendação do MP e deu início à programação do aniversário de Coari na última quarta-feira (28), que deve durar até o dia 2 de agosto, totalizando seis dias de comemorações. Os 23 eventos sucedem no momento em que Coari registra um aumento no número de casos da covid-19, conforme ressaltou o promotor de Justiça do MP, Thiago de Melo Roberto Freire.

“No município, houve um razoável aumento nos índices de contágio de covid-19 e de internações e, mesmo diante do início da vacinação no território nacional, os especialistas recomendam a manutenção do distanciamento social, higiene respiratória e demais medidas de prevenção não farmacológicas divulgadas”, aponta o Promotor de Justiça Thiago de Melo Roberto Freire.

Dentre os eventos previstos na programação da festa, o Ministério Público recomenda a suspensão do Show Cultural e do Parabéns/Bolo Niver Coari, previstos para o dia 1º/08, bem como do evento Agita Coari, previsto para o dia 02/08/2021, às 17h.

Continua depois da Publicidade

Para a realização dos eventos, a Prefeitura de Coari lançou um chamamento público no dia 25 de junho para captação de recursos financeiros de empresas públicas e/ou privadas, por meio de cotas de patrocínios, para realização do aniversário de Coari.