Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Peritos protestam por melhores condições de trabalho

Eles também exigem valorização da categoria. A paralisação ocorreu na manhã de hoje (5).

  • Por AM POST

  • 05/01/2017 às 12:07

  • Atualizado em 05/01/2017 às 17:06

  • Leitura em 1 minuto

Na manhã desta quinta-feira (5), os peritos oficiais do Amazonas realizaram, uma manifestação pacífica por melhores condições de trabalho e valorização da categoria. A manifestação aconteceu na frente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), localizado na Avenida André Araújo, Aleixo, zona Centro-Sul da capital.

Por conta do ato, a identificação dos corpos das vítimas do massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) foi paralisada.

PUBLICIDADE

A categoria pede a inclusão imediata da classe na Lei de reestruturação remuneratória da carreira da Polícia Civil, nos moldes do Processo Judicial movido pela Associação de Peritos Oficiais do Amazonas (Apoeam), eleição imediata dos novos dirigentes através da lista tríplice, escolhidos pelos próprios peritos, a aplicação do Decreto Governamental com implantação da Lei de Reestruturação do órgão Pericial em todo o Estado e a destituição imediata dos diretores dos institutos e dos Departamentos de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

O protesto também reivindicou melhorias no trabalho diante da precariedade da estrutura e a falta de material para a realização do trabalho. Além da reclamação do pouco número de profissionais no Amazonas, que hoje são apenas 170 e o certo seria a existência de 500 peritos.

Fonte: Redação AM POST

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista

Um anjo pergunta à Deus: O que é um autista? E Deus lhe responde: É um de vocês que permito descer à Terra!

- Lu Lena

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank