Pescadores do AM vão receber 62 mil cestas básicas do governo

Resultado de Acordo entre a União e o Governo visa atendimento de famílias dos pescadores em situação de insegurança alimentar.

Redação AM POST

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), assinou no último sábado (27/03), Acordo de Cooperação Técnica com o Ministério da Cidadania, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Superintendência Federal de Agricultura Pecuária e Abastecimento no Amazonas (SFA/AM/MAPA), com objetivo de distribuir aproximadamente 62 mil cestas de alimentos as famílias de pescadores em situação de insegurança alimentar, agravada pela pandemia do coronavírus.

Continua depois da Publicidade

O Acordo assinado prevê que a Sepror receba e viabilize a entrega das cestas básicas, cada cesta contendo 22 quilos de itens não perecíveis, beneficiando famílias de pescadores em todos os 62 municípios amazonenses.

A distribuição será coordenada pela Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura da Sepror, devendo atender pescadores conforme relação disponibilizada pela Superintendência Federal de Agricultura no Amazonas, de acordo com dados levantados junto às entidades representativas da categoria no estado (colônia, sindicatos, associações e cooperativas), bem como dados extraídos do Sistema Informatizado de Registro Geral da Atividade Pesqueira (SisRGP), e que estejam em situação de insegurança alimentar.

A Sepa prevê o início da distribuição das cestas ainda na primeira quinzena de abril, segundo informação do titular da secretaria, Leocy Cutrim. “Após o recebimento das cestas em Manaus, já embaladas pela Conab, vamos encaminhar aos municípios, onde, com apoio das entidades de pesca designadas pelo governo federal, serão entregues aos beneficiados”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

O ato de assinatura do acordo aconteceu eletronicamente via Sistema de Controle Externo do Ministério da Cidadania, sendo Antônio José Barreto de Araujo Júnior, pelo Ministério da Cidadania; José Ferreira da Costa Neto, pela Conab; Guilherme de Melo Pesso, pela SFA/AM/MAPA; e Petrucio Pereira de Magalhães Júnior, pela Sepror.

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade