Pesquisar por em AM POST

Amazonas

‘Recicla, Galera’ chega à 4ª edição com meta de reciclar 8 toneladas de resíduos durante o 57º Festival de Parintins

Ação ambiental impulsiona destinação correta de resíduos, de 24 a 30 de junho, rumo a um festival mais sustentável.

  • Por AM POST

  • 20/06/2024 às 10:24

  • Atualizado em 20/06/2024 às 10:27

  • Leitura em 7ete minutos

Foto: Tácio Melo/Secom

Em poucos dias, o Bumbódromo de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) estará tomado por toadas, torcedores e apresentações dos bois Caprichoso e Garantido que celebram a grandiosidade da Amazônia e de seus povos. Enquanto os bois seguem nos últimos preparativos para a 57ª edição do Festival, a comunidade da Ilha Tupinambarana já começou a atuar para, mais uma vez, produzir um evento mais sustentável com o apoio do “Recicla Galera”, programa que incentiva a destinação correta dos resíduos, incentiva a cadeia de reciclagem e capacita catadores, gerando emprego e renda na região.

“Desde 2019 trabalhamos para que o Festival seja cada vez mais sustentável. Este ano, os bois Caprichoso e Garantido já assinaram um compromisso para destinar corretamente o isopor das alegorias e também vamos seguir com o trabalho com as galeras na adoção dessa prática dentro e fora do Bumbódromo”, ressaltou o governador Wilson Lima.

PUBLICIDADE

O ‘Recicla, Galera’ é fruto de uma parceria entre o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), e o Sistema Coca-Cola Brasil. Em seu quarto ano de realização, a iniciativa já coletou e encaminhou para a reciclagem um total de dez toneladas de resíduos. Para 2024, a meta é ampliar a coleta e alcançar pelo menos oito toneladas, fortalecendo a sustentabilidade como um dos pilares do Festival de Parintins, ao lado da Cultura, do Turismo e do fomento à empregabilidade e renda.

A partir de 24 de junho, as pessoas que circularem pela ilha poderão ver diversas ações em prol da gestão de resíduos no local, como educação ambiental, voluntariado, capacitação dos trabalhadores e fortalecimento da Associação de Catadores de Parintins (Ascalpin). O secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, destaca que o “Recicla, Galera” tem expandido suas atividades, em resposta ao aumento da quantidade de visitantes na ilha, e consequentemente, de resíduos gerados.

“Em 2022 foram mais de duas toneladas de resíduos destinados corretamente. Em 2023, superamos a meta de seis toneladas e chegamos a mais de sete toneladas de materiais indo para reciclagem, gerando renda para os catadores. Neste ano, estamos fazendo uma ação ainda maior, para irmos além nos resultados. Nosso maior objetivo é fazer com que essa prática vire um legado crescente, que acompanhe a realização do festival daqui em diante”, destacou Taveira.

PUBLICIDADE

O diretor sênior de Relações Governamentais da Coca-Cola Brasil, Victor Bicca destaca o apoio ao Festival de Parintins. “Temos muito orgulho de apoiar o Festival de Parintins há 28 anos e de contribuir para o desenvolvimento econômico e sustentável da região. O Recicla, Galera materializa nossos esforços para além da gestão correta de resíduos e geração de emprego e renda. Com este programa, unimos as comunidades em favor dos impactos positivos que beneficiarão o festival e o estado como um todo”, explicou.

Espaço Sustentável ‘Recicla, Galera’

Reforçando o compromisso do Festival com a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental, o espaço “Recicla, Galera” ampliará as experiências interativas de sucesso realizadas nos últimos anos, além de implementar novas ações sustentáveis. Instalado na região central de Parintins, o ambiente concentrará um centro para as atividades de coleta, destinação e triagem de resíduos em tempo real.

PUBLICIDADE

O público poderá acompanhar o processo de gestão realizado pela Ascalpin e ainda ganhar brindes por meio de atividades interativas como Vira Roleta, Dominó, Quebra Cabeça e outras. O espaço também contará com exposições, áreas instagramáveis e atividades de educação ambiental.

Para apoiar a Ascalpin no trabalho pós-coleta e na gestão de resíduos, em parceria com o Sebrae, será realizada uma consultoria para desenvolver estratégias e oportunidades comerciais voltadas para os materiais reciclados.

PUBLICIDADE

O espaço sustentável ‘Recicla Galera’ estará na Praça da Liberdade, de 24 a 30 de junho, das 8h às 17h. A visitação é gratuita.

Pontos de Entrega Voluntária e ECOrotas

Para engajar a comunidade em favor da reciclagem, serão instalados 40 ecopontos pela ilha em avenidas e pontos turísticos, nos quais o público poderá descartar corretamente plástico, garrafas, latas, copos e outros materiais recicláveis.

Os ecopontos também devem dar suporte à coleta de resíduos gerados em bares, restaurantes e festas paralelas ao longo da semana. A coleta e gestão dos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) durante o período do Festival será feita por 20 associados da Ascalpin.

Além dos ecopontos, o ‘Recicla, Galera’ traz neste ano uma novidade itinerante: as ECOrotas, duas rotas ecológicas que circulam juntas pelos principais pontos da cidade, recolhendo resíduos e incentivando a circularidade. Durante o festival, os agentes ambientais da ECOrotas irão mobilizar os turistas e torcedores a descartarem corretamente os resíduos. Quem aderir às ações e entregar duas latinhas ou duas garrafas PET ganham um Flal (dindin).

Disputa de reciclagem

Dentro do “Recicla”, uma das principais iniciativas é a competição de reciclagem entre os itens 19 dos bois Caprichoso e Garantido. Nas últimas edições, a disputa ocorreu apenas dentro do Bumbódromo, nas noites do Festival. Agora, o projeto ganhará apoio da tecnologia, para ampliar a participação dos torcedores que estiverem na ilha.

Dos dias 24 a 30 de junho, das 8h às 17h, máquinas coletoras estarão instaladas em locais estratégicos de Parintins – no Espaço Sustentável (Praça da Liberdade), Turistódromo, Curral Zeca Xibelão e Cidade Garantido -, onde os torcedores poderão destinar os seus resíduos, escolher qual boi vai receber a pontuação e, ainda, trocar os materiais por brindes exclusivos.

A mobilização segue nas noites do Festival, dentro da Arena, com as galeras também mobilizadas para reciclar os resíduos gerados, destinando-os em ecopontos exclusivos, posicionados na saída das galeras.

Todo o material será levado para triagem e pesagem no Espaço Sustentável. O bumbá da galera que mais destinar corretamente resíduos para a reciclagem, tanto nas máquinas como dentro do Bumbódromo, ganhará R$ 20 mil em ações de sustentabilidade, além do título de Campeão Sustentável do 57º Festival de Parintins.

Sobre o “Recicla, Galera”

O projeto ‘Recicla, Galera’ é fruto de uma parceria entre o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), e o Sistema Coca-Cola Brasil. A execução operacional é realizada pelo Impact Hub Manaus. A ação conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, junto à Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). O Sebrae, a Solar Coca-Cola e a Associação dos Catadores de Parintins (Ascalpin) também são parceiros da iniciativa.

Redação AM POST

O AM Post apoia a causa autista
blank

Um anjo pergunta à Deus: O que é um autista? E Deus lhe responde: É um de vocês que permito descer à Terra!

- Lu Lena

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank