Rodrigo Tobias e marido de Daniela Assayag estão entre presos da 2ª fase da Operação Sangria em Manaus

Ao todo foram cumpridos cinco mandados de prisão.

Redação AM POST

A segunda fase da operação Sangria prendeu na manhã desta quinta-feira (8) cinco pessoas, ligadas ao governo do Amazonas, investigadas na compra de respiradores para o tratamento de Covid-19, durante a pandemia.

Entre os presos estão o ex-secretário de saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias de Souza Lima e o empresário Luiz Carlos Avelino Junior, que é marido da ex-secretária de Comunicação do Amazonas Daniela Assayag. Além deles também foram alvos de mandado de prisão temporária Dayana Priscila Meija de Souza, Ronald Gonçalo Caldas Santos, e Gutemberg Leão Alencar.

Continua depois da Publicidade

Houve ainda buscas na casa e no gabinete do vice-governador Carlos Almeida.

Os nomes dos investigados que não têm foro por prerrogativa de função devem ser mantidos sob sigilo, a pedido do Supremo Tribunal Federal – STJ, assim como os autos desta segunda fase da operação.

Luis Avelino Junior seria sócio da empresa Sonoar, que vendeu os respiradores para a loja de vinhos, da qual o governo comprou os equipamentos. Rodrigo Tobias, em depoimento à CPI da Saúde, denunciou que a esposa dele participou de reunião que negociou a compra de respiradores.

Continua depois da Publicidade