Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Unidades prisionais do AM receberão novos equipamentos de reconhecimento facial

Os materiais serão instalados na sede administrativa da secretaria e em seis unidades prisionais da capital.

  • Por AM POST

  • 05/04/2023 às 08:51

  • Leitura em dois minutos

Foto: Divulgação/Seap

Redação AM POST

Nessa segunda-feira, 3, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), adquiriu equipamentos de reconhecimento facial para aperfeiçoar e expandir o sistema de segurança por monitoramento de câmeras. Os materiais serão instalados na sede administrativa da secretaria e em seis unidades prisionais da capital.

PUBLICIDADE

O repasse foi realizado pelo Fundo Penitenciário do Paraná (FUPEN) ao Fundo Penitenciário do Estado do Amazonas (FUPEAM). O Centro de Detenção Feminino (CDF), Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT), Centro de Detenção Provisória de Manaus 1 e 2 (CDPM I e II), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) serão as unidades prisionais beneficiadas com o investimento.

Entre os equipamentos adquiridos estão 07 softwares projetados para gravar, exibir, recuperar e enviar alertas; 99 câmeras, sendo 68 de alcance de imagens noturnas de 60 metros até 90 metros; 10 equipadas com infravermelhos; 15 câmeras com detecção de movimento, e 6 com reconhecimento facial.

“No passado, nossa polícia penal tinha que monitorar várias telas 24 horas por dia, para detectar atividades suspeitas dentro e fora das unidades. Os presídios que não possuíam sistema eletrônico, o monitoramento muitas vezes era feito por agentes localizados em guaritas perimetrais. As soluções de videovigilância da Motorola Solutions, que integra inteligência artificial, recursos de reconhecimento facial e de placas, moderniza nossa operação e dá aos policiais um olhar em pontos estratégicos na vigilância perimetral, permitindo que sejam mais ágeis e eficazes em suas missões críticas em campo”, afirmou o secretário da Seap, coronel Paulo César, que acredita que os materiais adquiridos são essenciais para a segurança das unidades prisionais da capital.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank