Urgente: Ministério Público pede prisão do prefeito David Almeida e da titular da Semsa

O MP-AM pede, também, as prisões de mais 20 pessoas, incluindo as irmãs médicas Gabrielle Lins e Isabelle Lins, que teriam sido “fura-filas” da vacinação do contra o coronavírus em Manaus.

Redação AM POST

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) pediu a prisão preventiva e afastamento de cargo do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), e da secretária Municipal de Saúde, Shadia Hussami Hauache Fraxe, no processo que apura os casos de fura-fila no início da primeira fase da campanha de vacinação contra Covid-19 na capital. A suspeita é dos crimes de falsidade ideológica e peculato.

Continua depois da Publicidade

O Ministério Público pede, também, as prisões de mais 20 pessoas, entre elas as irmãs médicas Gabrielle Lins e Isabelle Lins, que teriam sido “fura-filas” da vacinação contra o coronavírus em Manaus.

A representação foi apresentada na segunda-feira (25) e analisada nesta quarta-feira (27) pelo desembargador plantonista José Hamilton Saraiva dos Santos, que declinou da competência para analisar o caso, alegando que as vacinas envolvem verbas federais e, por isso, o pedido deveria ser apreciado pela Justiça Federal.

Porém a decisão do magistrado foi contestada pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Amazonas (MP-AM). “Contudo, o GAECO reforça o entendimento de que a matéria é de competência estadual. O interesse nacional é de todos os entes federativos, mas a questão da burla da fila de vacinação ocorre em meio à competência material municipal, que é de aplicação das vacinas, razão pela qual a competência é da Justiça Comum Estadual”, afirmou o MP-AM, em nota.

Continua depois da Publicidade

O prefeito de Manaus, David Almeida, disse em nota estar “profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária” de membros do Ministério Público e informou que “ingressará com as medidas cabíveis contra os responsáveis”.

Confira a lista dos que tiveram o pedido de prisão pedido pelo MP-AM:
David Antonio Abisai Pereira de Almeida
Shadia Hussami Hauache Fraxe
Luiz Cláudio de Lima Cruz
Djalma Pinheiro Pessoa Coelho
Stenio Holanda Alves
Clendson Rufino Ferreira
Sebastião da Silva Reis
Bento Martins de Souza
Jane Soares Pereira
Tamyres Kutchma de Albuquerque
Gabrielle Kirk Maddy Lins
Isabelle Kirk Maddy Lins
Ilcilene de Paula da Silva
Carlos Augusto do Couto Valle Bonfim Borborema
Fernanda Alves Bueno de Oliveira
Manoel Charlete Pereira Júnior
David Louis de Oliveira Dallas Dias
Gabriela Pereira de Aguiar
Tatiana Mota Lotti
Alessandro Silva Pontes
Carla Angelina Lima Ribeiro Frota e
Jane Mará Silva de Moraes de Oliveira.

Continua depois da Publicidade

Leia decisão na íntegra:
DECISÃO