Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Veja quem são as vítimas do acidente de avião em Barcelos, no AM

Os corpos foram liberados nesta segunda-feira (18), para suas famílias.

  • Por AM POST

  • 18/09/2023 às 10:06

  • Atualizado em 19/09/2023 às 18:37

  • Leitura em quatro minutos

As 14 vítimas do avião que caiu em Barcelos  (a 394 quilômetros de Manaus), no Amazonas, na tarde de sábado (16), eram todas de outro Estado do Brasil. Parte delas, eram executivos de companhias de Uberlândia, em Minas Gerais, e donos de empresas em diferentes cidades de Goiás, além de um médico aposentado do Distrito Federal. O piloto e copiloto da aeronave também morreram no acidente. Os corpos das vítimas estão na capital amazonense desde domingo (17) e foram liberados nesta segunda-feira (18) para as famílias.

Os turistas vieram a região Norte para praticar pesca esportiva do tucunaré no município supracitado. O acidente fatal ocorreu com a aeronave modelo Bandeirantes, da Manaus Aerotáxi, prefixo SOG.

PUBLICIDADE

Veja a lista completa:

Euri Paulo dos Santos era sócio administrador da empresa Moderna Empreendimentos e Serviços Ltda, em Minas Gerais;

Guilherme Boaventura Rabelo era diretor da GJB Engenharia e Empreendimentos Ltda, em Minas Gerais;

PUBLICIDADE

Heudes Freitas era diretor da Terra Engenharia Fundações e Sondagens, em Minas Gerais;

Luiz Carlos Cavalcante Garcia, membro do Conselho Deliberativo do Cajubá Country Clube, em Minas Gerais;

PUBLICIDADE

Hamilton Alves Reis empresário, em Minas Gerais;

Fábio Ribeiro de Minas Gerais

PUBLICIDADE

Renato Souza de Assis empresário, em Minas Gerais;

Gilcresio Salvador Medeiros, dono de uma pousada em Niquelândia, em Goiás;

Marcos de Castro Zica era dono de empresas em Uruaçu e Mara Rosa, em Goiás

Fábio Campos Assis era dono de um comércio em Anápolis, Goiás;

Witter Ferreira De Faria era empresário em Uruaçu, também em Goiás;

Roland Montenegro Costa, médico aposentado do Hospital de Base do Distrito Federal;

Fernando Galvão era o copiloto da aeronave, natural de Fortaleza, no Ceará, mas morava em Manaus. Ele é filho do comandante Fernando Luiz Galvão Bezerra que também trabalha na Manaus Aerotáxi;

Leandro Costa de Souza era o piloto e tinha mais de 10 anos de experiência no percurso para o município de Barcelos. Ele era natural de Boa Vista em Roraima.

O governo de Goiás, Ronaldo Caiado, entrou em contado com o governador do Amazonas, Wilson Lima, informando que uma aeronave deve vim até Manaus para fazer o translado dos corpos das cinco vítimas que moravam no estado.

O acidente ocorreu devido às péssimas condições climáticas, duas aeronaves retornaram para Manaus e o piloto do avião decidiu tentar o pouso. No entanto, quando o avião se aproximava do pouso no aeroporto de Barcelos acabou colidindo com barro e resto de obras que foram deixadas na pista.

O acidente aéreo em Barcelos é considerado o mais fatal no Brasil desde 2011. Os dados são da Aviation Safety Network (ASN) — Rede de Segurança da Aviação, em português. As informações são do site metrópoles. No ano de 2011, 16 pessoas morreram na queda de avião da Noar Linhas Aéreas, em Recife, Pernambuco. Duas pessoas da tripulação morreram, além de 14 passageiros.

Redação AM POST

O AM Post apoia a causa autista
blank

Autismo: Todos na mesma maré, mas em embarcações diferentes.

- Gretchen Stipp

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank