Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Veja vídeo: Boto usado como atração no AM é ferido no olho com arpão

O boto, chamado de “Curumim”, encontra-se em um lago na comunidade de Santo Antônio, situada a 40 quilômetros de Novo Airão.

  • Por AM POST

  • 27/05/2023 às 10:32

  • Atualizado em 27/05/2023 às 12:18

  • Leitura em dois minutos

Um vídeo gravado por moradores de Novo Airão, município localizado a 115 quilômetros em linha reta de Manaus, mostra uma mulher não identificada relatando a situação de um boto rosa (Inia geoffrensis) com ferimento no olho esquerdo causado por uma zagaia, um arpão com três pontas, e fazendo um apelo aos órgãos ambientais competentes para auxiliar o animal ferido.

Em entrevista concedida ao A Crítica nesta sexta-feira (26), a proprietária de um flutuante na região, que preferiu não se identificar por receio de represálias, informou que o animal está sendo acompanhado por uma equipe de veterinários do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

PUBLICIDADE

O boto, chamado de “Curumim”, encontra-se em um lago na comunidade de Santo Antônio, situada a 40 quilômetros de Novo Airão. A proprietária relatou: “Na quinta-feira (18), notamos o ferimento, mas ele desapareceu. Na segunda-feira (22), ele voltou para o lago e confirmamos a lesão. A partir de então, conseguimos a ajuda de veterinários do ICMBio e do Ibama. Minha filha está acampada na comunidade há uma semana, indo para casa apenas buscar comida para alimentá-lo”.

Devido ao tamanho e peso do animal, que pode chegar a cerca de 200 quilos, uma estrutura adequada é necessária para realizar o procedimento cirúrgico e remover a zagaia. A proprietária acrescentou: “Ele está sendo medicado e monitorado pela equipe de veterinários. A Secretaria de Turismo de Novo Airão também se ofereceu para fornecer ajuda. É uma grande mobilização em prol do bem-estar do boto. Como não é possível anestesiar um animal aquático dessa magnitude dentro d’água, é necessário ter uma estrutura apropriada”.

Com base no formato da zagaia, a mulher acredita que “Curumim” tenha sido alvo de pescadores. Ela destacou: “O objeto é um arpão de três pontas, aparentemente usado por pescadores. Aqui no flutuante, realizamos ações de conscientização ambiental em parceria com crianças de escolas municipais e até mesmo turistas que visitam os botos. Não cobramos nada, mas é fundamental respeitar a natureza. Esperamos que a cirurgia seja realizada em breve”.

PUBLICIDADE

Veja vídeo:

Redação AM POST

O AM Post apoia a causa autista
blank

Autismo: Todos na mesma maré, mas em embarcações diferentes.

- Gretchen Stipp

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank