Pesquisar por em AM POST

Amazonas

Vídeo: Repórter preso a mando de delegada durante cobertura jornalística é solto pela justiça do AM e população comemora

A prisão do homem levou várias pessoas para frente da Delegacia, acreditando que a prisão foi injusta e pedindo sua liberdade.

  • Por AM POST

  • 01/04/2023 às 16:16

  • Leitura em dois minutos

Redação AM POST*

O juiz Gonçalo Brandão de Souza, da 1ª Vara Cível da Comarca de Itacoatiara concedeu habeas corpus ao repórter Leonardo Biase Gomes, do Portal LCJ Notícias de Itacoatiara, preso por determinação da delegada Mary Anne Trovão na manhã de quinta-feira (30), acusado de desacato a autoridade, no momento em que fazia uma transmissão ao vivo no Facebook da exumação de um cadáver de cemitério. O repórter foi proibido pela delegada de se aproximar da cova e acabou sendo preso por desacato.

PUBLICIDADE

O repórter ficou mais de 12 horas preso em uma cela da Delegacia Integrada de Polícia (DIP) do município. Ele foi autuado e a delegada arbitrou fiança de 10 salários mínimos, num total de R$ 13.200, para soltar o repórter.

A prisão de Leonardo levou várias pessoas para frente da Delegacia, acreditando que a prisão foi injusta e pedindo sua liberdade.

PUBLICIDADE

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que antes de ser preso, o repórter estava fazendo uma cobertura ao vivo da remoção ilegal dos restos mortais de Gabriel Costa Caldeira, falecido em 2020.

O vilipêndio a cadáver aconteceu no cemitério do município, sendo que o crime pode ter detenção, de 1 a 3 anos, e multa.

O repórter fez imagens do cemitério, mas foi proibido de se aproximar da cova e, por isso, foi reprimido pela delegada da cidade. Em seguida, um dos investigadores se aproximou do repórter, afirmando que a família não queria que ele filmasse nas proximidades do local.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank