Wilson Lima acompanha despesca de tambaquis que serão doados para famílias em vulnerabilidade social

Governo do Amazonas comprou 167 toneladas de pescado para doação na Semana Santa.

Redação AM POST

O governador Wilson Lima acompanhou, na manhã desta quinta-feira (1º/04), a despesca de tambaqui em uma propriedade rural no Km 65 da rodovia AM-010. O pescado, proveniente de viveiros, foi adquirido pelo Governo do Amazonas para distribuição a famílias em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, o Estado comprou 167 toneladas de pescado, que já começaram a ser entregues.

Continua depois da Publicidade

“Nós estamos comprando 167 toneladas para entregar àquelas famílias em condição de vulnerabilidade social. Por um lado, nós estamos garantindo a renda porque nós estamos comprando de aproximadamente 50 piscicultores, tanto na Região Metropolitana quanto no interior. Por outro lado, nós estamos garantindo segurança alimentar para aquelas pessoas que mais precisam”, explicou Wilson Lima.

O recurso para aquisição dos peixes totaliza R$ 1 milhão e corresponde ao dobro do ano passado. O valor é oriundo de destaque orçamentário da Secretaria de Produção Rural (Sepror), por meio do programa “Agro Amazonas”.

O pescado, doado nos dias da celebração cristã da Semana Santa, está sendo adquirido junto a piscicultores e duas agroindústrias cadastradas na Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), nos municípios de Rio Preto da Eva, Manacapuru, Iranduba, Novo Airão, Presidente Figueiredo, Itacoatiara, Manaus, Benjamin Constant e Humaitá.

Continua depois da Publicidade

Além da capital, a distribuição será feita em 17 municípios do interior. São eles: Iranduba, Manacapuru, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Silves, Itapiranga, Careiro Castanho, Autazes, Manaquiri, Novo Airão, Barcelos, Humaitá, Tabatinga, Benjamim Constant, Atalaia do Norte e São Gabriel da Cachoeira.

A despesca acompanhada pela equipe do Governo do Estado nesta quinta-feira ocorreu na Chácara Sagrada Família, propriedade do piscicultor Luiz Bonfá, que atualmente possui um total de aproximadamente 25 hectares de lâmina d’água para criação de peixe. Na propriedade dele, foram despescadas 18 toneladas de tambaqui roelo, com média de 2 quilos de peso cada exemplar.

Continua depois da Publicidade

A compra da produção pelo Governo do Amazonas vai reduzir os danos causados pela pandemia dhttps://ampost.com.br/wp-admin/post-new.php#a Covid-19. “Veio em boa hora, sim, porque nessa pandemia muitos restaurantes fecharam, feiras também, e caiu muito a venda do pescado. Inclusive, nessa Semana Santa está bastante tímida a venda. Essa ajuda do governo veio em boa hora”, declarou.

Impacto social – As doações estão sendo repassadas às instituições por meio da rede de assistência do Estado, composta pelas Secretarias de Assistência Social (Seas) e de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), além do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). As famílias cadastradas nessas instituições receberam o pescado comprado pelo Governo do Estado.

Continua depois da Publicidade

Assessoria técnica – O proprietário da Chácara Sagrada Família, Luiz Bonfá, foi beneficiado pelo Governo do Amazonas com a aquisição de 10 aeradores, por meio da doação onerosa que está sendo executada pela ADS desde 2019. Aeradores são responsáveis pela oxigenação da água, incorporando o ar no ambiente aquático para que os peixes possam respirar. Além disso, Luíz Bonfá é um dos inúmeros piscicultores e produtores rurais que recebem assessoria técnica do Governo do Amazonas.

“Estamos sempre em sintonia. Temos essa parceria e trocamos essa experiência. Isso é importante para o nosso setor, um apoiando o outro. Estudantes também vêm aqui visitar, nós damos apoio, estamos aqui para ajudar, somar”, disse Luiz.

Os produtores e donos de propriedades rurais podem adquirir produtos e insumos com descontos com a ajuda do Governo do Amazonas. “Esses piscicultores são aqueles que recebem apoio do Governo do Estado através de orientação técnica, através da cessão onerosa, por meio da qual eles podem comprar alguns equipamentos que estão à disposição na ADS, como é o caso dos aeradores que oxigenam a água. Podem comprar com desconto de 80%”, explicou o governador Wilson Lima.