Amazonas

Wilson Lima repudia fala de Josué Neto sobre Lei do Gás

O governador do Amazonas nega as acusações de interesse particular e afirma que não tomará medidas intempestivas.


Redação AM POST

O governador do Amazonas, Wilson Lima, disse em nota que repudia a declaração do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto, a respeito da aprovação da Lei do Gás, durante sessão ordinária na manhã desta terça-feira (14).

Continua depois da Publicidade

O parlamentar questionou quanto o dono da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), Carlos Suárez, está pagando ao governador para que a lei não seja provada. “Quero saber quem é que está pagando paro o governo para que essa leia não saia? Quanto o Dr. Carlos Suárez [proprietário da Cigás] está pagando para o governador para que essa lei não seja aprovada?”, disparou Josué.

Wilso Lima afirmou que não tem interessa pessoal na aprovação da lei, vetada por ele, e que apenas está buscando o melhor para o Amazonas.

“É leviana e irresponsável qualquer acusação que faça menção a interesse meu. Não tenho nenhum interesse pessoal e particular no caso. Mas não permitirei que uma decisão tão importante para o Estado do Amazonas, que define questões econômicas fundamentais, seja tomada de maneira intempestiva. Daí porque optei por buscar estudos e avaliações técnicas que embasem minha decisão. O que está em pauta é futuro do povo do Amazonas e não questões meramente políticas”, disse Wilson Lima.

Continua depois da Publicidade