Anthony Garotinho é preso pela Polícia Federal

Garotinho é réu na Operação Chequinho, que investiga uma suposta compra de votos na eleição municipal de Campos, usando o programa assistencial Cheque Cidadão.

O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho voltou a ser preso na manhã desta quarta-feira (13). Contra ele, havia um mandado de prisão domiciliar.

Garotinho apresentava seu programa diário no rádio quando o mandado foi cumprido. Os agentes da Polícia Federal estão conduzindo o ex-governador para Campos dos Goytacazes, norte fluminense, onde a prisão domiciliar será cumprida.

Continua depois da Publicidade

Garotinho é réu na Operação Chequinho, que investiga uma suposta compra de votos na eleição municipal de Campos, usando o programa assistencial Cheque Cidadão. Ele já havia sido preso em novembro do ano passado, porém teve a prisão revogada por decisão unânime do TSE (Tribunal do Superior Eleitoral).

Na ocasião, a prisão foi decretada pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, da 100ª zona eleitoral.