Brasil

Bolsonaro ri de suposto atentado sofrido por Joice Hasselmann: “Daqui a pouco, eu vou ser responsabilizado”

Presidente conversava com apoiadores no Palácio da Alvorada, quando um deles citou o caso da deputada. Joice alega ter sido vítima de um atentado, com agressões violentas, mas não lembrar de nada antes dos ferimentos.

Redação AM POST*

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou com apoiadores, na manhã desta quinta-feira, 29, sobre a suspeita de atentado que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL) teria sofrido.

Continua depois da Publicidade

Pelo Instagram, a deputada contou que sua última lembrança é de estar na cama assistindo a um episódio de série no domingo (18). Depois, por um período de aproximadamente sete horas, ela disse ter tido perda de memória, até acordar em uma “poça de sangue”, no chão do closet. Inicialmente, ela acreditou ter imaginado que desmaiou e se machucou na queda. No entanto, depois, ao perceber a quantidade de machucados, Joice disse acreditar que sofreu um atentado.

A chegar ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro se reuniu no cercadinho com seguidores. Um deles trouxe à tona o assunto: “Tem gente que cai, machuca o queixo, machuca o olho, mas não sabe de onde veio a pancada”.

Rindo, o presidente respondeu que não queria falar sobre o caso de Joice para se envolver com a história. “Daqui a pouco, eu vou ser responsabilizado”, comentou.

Continua depois da Publicidade

Bolsonaro aproveitou o momento para falar de outras acusações de crimes feitas contra ele. “Lembra do caso da Marielle? Queriam botar na minha conta”, relembrou. Ele também lembrou a parlamentar Maria do Rosário.