O portal de notícias da Amazônia


Brasil

Celular de jovem que morreu após transar com jogador do Corinthians é entregue a polícia

A Polícia Civil está investigando o caso como “morte suspeita”.

  • Por AM POST

  • 10/02/2024 às 14:21

  • Leitura em dois minutos

Rubens Chagas Matos, 54, pai de Livia Gabriele da Silva Matos, de 19 anos, que morreu após um encontro com o jogador da base do Corinthians Dimas Cândido de Oliveira, 18, compareceu à 5ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e entregou o celular da jovem à polícia na última quinta-feira (8/2). As informações do celular podem auxiliar na investigação para esclarecer as circunstâncias da morte de Livia.

A jovem faleceu após uma relação sexual ocorrida no apartamento do jogador, localizado no bairro do Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Durante o ato, Livia sofreu quatro paradas cardíacas e começou a sangrar intensamente na região vaginal.

PUBLICIDADE

Em seu depoimento, que durou oito horas, Dimas alegou que a relação sexual foi consensual e que Livia passou mal, resultando em seu óbito. O atestado de óbito da jovem apresentou como causa de morte uma ruptura na região genital, conhecida como “saco de Douglas”. Os médicos que a atenderam no hospital constataram uma lesão de cerca de cinco centímetros em suas partes íntimas.

A Polícia Civil está investigando o caso como “morte suspeita”, já que ainda não há indícios suficientes para determinar se foi um acidente, uma morte natural ou um crime. Até o momento, Dimas não é tratado como investigado.

Tanto o pai da jovem como o jogador disponibilizaram seus celulares à delegada responsável pelo caso. O advogado de Dimas afirmou que o jogador entregou seu celular, ligações, e-mails e todas as suas redes sociais para comprovar sua versão dos fatos.

PUBLICIDADE

A morte de Livia levanta uma série de questionamentos a respeito das circunstâncias em que ocorreu. A polícia busca reunir todas as informações relevantes para uma análise minuciosa desses eventos. A colaboração tanto do pai da jovem quanto do jogador é fundamental para essa investigação em curso.

À medida que a investigação avança, espera-se que mais detalhes sejam revelados, ajudando a esclarecer as circunstâncias da trágica morte de Livia Gabriele da Silva Matos. Enquanto isso, as autoridades policiais continuarão a reunir informações e evidências para fornecer resposta aos familiares da vítima e à sociedade como um todo.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank