Brasil

CPI da Petrobras não vai para frente, diz Mourão em contrariedade a Bolsonaro

Bolsonaro e Lira pressionam Congresso por investigação nos gastos e ganhos de diretores.


Redação AM POST

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira (20) que uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os reajustes da Petrobras no preço dos combustíveis e sobretaxar lucros da companhia “nem vai andar”. Mourão afirmou que não há tempo para a articulação de deputados e senadores porque o país está entrando em “fase eleitoral”.

Continua depois da Publicidade

“CPI eu acho que não vai nem andar isso aí, não tem nem tempo. Estamos entrando quase em fase eleitoral, vamos falar assim, mais um mês e meio inicia a campanha eleitoral, acho difícil que uma CPI vá andar nesse momento”, disse.

Foi o próprio presidente Jair Bolsonaro (PL) quem sugeriu a instalação de uma CPI da Petrobras. Os próximos passos da ofensiva do governo sobre a estatal, que na última sexta-feira anunciou novo reajuste dos combustíveis, serão discutidos ainda hoje em reunião de líderes convocada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).