Brasil

Criança de 10 anos morre após celular ligado na tomada explodir

A menina estava internada com 40% do corpo queimado, principalmente nos braços e pernas, e não resistiu.

Redação AM POST

Uma menina de 10 anos morreu após sofrer queimaduras provocadas pela explosão de um aparelho celular que estava sendo carregado e ela usava um fone de ouvidos. Ela sofreu queimaduras de 2º e 3º graus em 40% do corpo, principalmente nos braços e pernas. O caso ocorreu em Alagoas.

Continua depois da Publicidade

Segundo informações do UOL, a criança estava internada desde o último dia 15 de julho, no Hospital Geral do Estado (HGE), na capital alagoana, e não resistiu.

Na explosão, um bebê de dois anos, irmão da vítima, bem como a avó materna, também acabaram feridos. A residência pegou fogo e ficou parcialmente destruída. Vizinhos ajudaram a apagar o incêndio usando água com baldes.

Familiares contaram que a menina tentou proteger o irmão. O bebê segue internado em um leito de enfermaria do HEA. O menino sofreu queimaduras no pé e mão esquerdos, de acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital ontem. Ele não corre risco de morte.

Continua depois da Publicidade

A Polícia Civil de Alagoas investiga o caso para apurar as responsabilidades. A marca do aparelho de telefone celular não foi informada e nem se o carregador era original.