Pesquisar por em AM POST

Brasil

Filho de Lula é acusado de agressão física e psicológica contra companheira

A médica fez um boletim de ocorrência contra o filho do presidente da República, na Delegacia da Mulher.

  • Por AM POST

  • 02/04/2024 às 17:01

  • Atualizado em 02/04/2024 às 21:04

  • Leitura em três minutos

O empresário Luís Cláudio da Lula da Silva, filho do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi acusado de agressão por sua companheira, a médica Natália Maria Schincariol, que registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de São Paulo, nesta terça-feira (2/4), apontando uma série de agressões físicas e psicológicas que teriam sido perpetradas por ele. O casal vive união estável há dois anos. A informação é do colunista Paulo Capelli, do site Metrópoles.

Segundo o colunista, familiares confirmaram a veracidade do documento, no qual Natália relata os terríveis episódios vivenciados. “Relato que estou sofrendo violência doméstica por parte de Luís Cláudio Lula da Silva. As agressões são de natureza física (oportunidade em que me deu uma cotovelada na barriga em uma das brigas no final de janeiro deste ano), verbal, psicológica e moral, e têm se intensificado ao longo do tempo, colocando em risco a minha integridade física e mental”, diz Natália.

PUBLICIDADE

As alegações não param por aí. A mulher também menciona ter se afastado do trabalho por um mês devido ao “trauma causado pelas agressões” e relata ter sido hospitalizada com crises de ansiedade. A cotovelada teria sido desferida durante um incidente em que Luís Cláudio tentou tomar o celular da companheira.

Mais preocupante ainda é a suposta pressão e manipulação exercidas sobre Natália para que ela não denunciasse as agressões. Ela alega ter sido “manipulada” e “ameaçada” por Luís Cláudio, que a teria advertido para não levar adiante a denúncia, “sob alegação de que o agressor é filho do presidente”.

“O agressor chegou em casa bêbado e tentou entrar em meu quarto de todas as formas, mesmo que eu pedisse para ficar distante”, relata Natália, lançando luz sobre a gravidade da situação vivida.

PUBLICIDADE

Após repercussão do caso, a defesa de Lulinha divulgou nata negando as acusações. “Fantasiosas declarações que teriam sido proferidas pela médica, atribuindo ao nosso cliente inverídicas e fantasiosas agressões, cujas mentiras são enquadráveis nos tipos dos delitos de calúnia, injúria e difamação, além de responder por reparação por danos morais, motivos pelos quais serão tomadas as medidas legais pertinentes”.

Vítima se manifesta

Com a repercussão do caso nas redes sociais, a médica pediu respeito à família Lula. Segundo ela, o presidente não pode ser culpado pelas atitudes do filho que tem quase 40 anos de idade.

PUBLICIDADE

“Por favor, deixem o Lula e a família dele em paz. Ele não tem nada a vê (sic) com isso. Parem de responsabilizar os familiares por maldades de um homem adulto de 40 anos. São pessoas totalmente diferentes. Respeitem a família Lula”, escreveu a vítima.

Pouco tempo depois, a médica apagou a mensagem.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank