O portal de notícias da Amazônia



Brasil

Indecente: Arthur Lira desfila pela Beija-Flor que recebeu R$ 8 milhões de Maceió

A homenagem prestada pela Beija-Flor à Maceió não foi somente emocional, mas também financeira.

  • Por AM POST

  • 12/02/2024 às 22:04

  • Atualizado em 13/02/2024 às 09:21

  • Leitura em três minutos

O presidente da Câmara, Arthur Lira, surpreendeu ao participar do desfile da escola de samba Beija-Flor na madrugada desta segunda-feira (12) na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. O enredo da escola neste ano foi intitulado “Um delírio de Carnaval da Maceió de Rás Gonguila”, em uma homenagem à capital alagoana.

A homenagem prestada pela Beija-Flor à Maceió não foi somente emocional, mas também financeira. De acordo com informações, o tema que embalou o desfile da escola custou cerca de R$ 8 milhões, um investimento expressivo da capital alagoana. A responsabilidade por arcar com essa despesa recai sobre o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, conhecido como JHC.

PUBLICIDADE

Não foram apenas os representantes da escola de samba e das tradições do Carnaval carioca que marcaram presença nesse desfile memorável. Políticos também estiveram presentes, sendo o presidente da Câmara, Arthur Lira, um dos destaques. Lira, aliado importante de JHC e do governo federal, sambou ao lado de outras figuras políticas, como o líder do PP Dr. Luizinho e o vice-governador do Rio de Janeiro, Thiago Pampolha.

Polêmica do bicheiro Aniz Abraão David

Outra figura presente no desfile da Beija-Flor que chamou a atenção foi o bicheiro Aniz Abraão David, presidente de honra da escola. Conhecido como Anízio da Beija-Flor, o patrono da agremiação já foi preso diversas vezes e esteve envolvido em escândalos de contravenção. Em uma das ocasiões, em 2007, ele foi detido na Operação Hurricane, que mirava a cúpula da contravenção e membros do Judiciário, acusados de receber propina. Ressalta-se que a família de Anízio tem grande influência política em Nilópolis, cidade onde a Beija-Flor está localizada. O atual prefeito, conhecido como Abraãozinho, é sobrinho do bicheiro. (Palavras-chave: Beija-Flor, Aniz Abraão David, prisões, Operação Hurricane, contravenção, Abraãozinho)

Recurso

O fato chamou a atenção principalmente pelo valor envolvido no financiamento da escola de samba pela prefeitura de Maceió. De acordo com comunicado divulgado em maio do ano passado, os R$ 8 milhões desembolsados foram financiados através de recursos privados captados por meio de leis de incentivo e possivelmente de emendas parlamentares.

PUBLICIDADE

Essa associação entre emendas parlamentares e Arthur Lira acabou sendo um dos temas mais comentados nas redes sociais nesta manhã. O presidente da Câmara está em uma disputa com o Palácio do Planalto pelo controle das emendas parlamentares, que atingiram o montante recorde de R$ 56 bilhões no orçamento de 2024.

O desfile da Beija-Flor na Marquês de Sapucaí teve um toque político em sua homenagem à cidade de Maceió. A presença do presidente da Câmara, Arthur Lira, e de outros políticos chamou a atenção, assim como a presença controversa do bicheiro Anízio da Beija-Flor. Enquanto a homenagem gerou questionamentos e discussões, a Prefeitura de Maceió esclareceu que os recursos foram repassados integralmente de acordo com o acordo de cooperação firmado no ano anterior. O Carnaval, que sempre foi uma manifestação cultural, mais uma vez se mistura à política brasileira, evidenciando a complexidade e as diversas camadas presentes em nosso país.

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank