Pesquisar por em AM POST

Brasil

Jornalista posta fake como se ato de oração para Bolsonaro fosse nazismo

Vera Magalhães insinuou que momento de intercessão pelo presidente Jair Bolsonaro seria saudação nazista.

  • Por AM POST

  • 21/05/2020 às 13:53

  • Leitura em 1 minuto

A jornalista Vera Magalhães, apresentadora do programa Roda Viva, da TV Cultura, foi a autora de mais uma fake news na última segunda-feira (18), e o alvo de Magalhães foi, novamente, o presidente Jair Bolsonaro.

Em uma publicação no Twitter, a jornalista printou o trecho de um vídeo que mostrava a imposição de mãos de um grupo de paraquedistas que faziam uma oração pelo chefe do Executivo. Gesto conhecido entre os cristãos, o sinal é usado como forma de interceder por outra pessoa.

PUBLICIDADE

Por falta de apuração, ou por tentativa de insinuação, Vera legendou a publicação com frases soltas como “É disso que se trata” e “Isso é o que aconteceu ontem na rampa do Palácio do Planalto”. Apesar de tentar se desvencilhar de uma futura acusação, fica claro que ela insinuou que a imposição seria um gesto nazista.

Usuários das redes sociais, porém, não perdoaram, e compartilharam o vídeo completo, publicado pelo deputado Helio Lopes no domingo (17), comprovando que o momento era de intercessão por Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Internautas também criticaram a atitude da jornalista e disseram que a insinuação contra o presidente Jair Bolsonaro foi “mal intencionada”.

– Tem que ser muito mal intencionado em achar que isso é saudação nazista. É tão verdadeiro quanto a suástica que a moça se fez nas eleições – escreveu um usuário.

PUBLICIDADE

Fonte: Pleno.News

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank