Brasil

Lula perde ação movida contra Eduardo Bolsonaro em que pede indenização de R$ 131 mil

Caso envolve a disseminação de informação equivocada sobre a ex-esposa do petista.

Redação AM POST*

A Justiça do Distrito Federal decidiu negar, em segunda instância, o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para que o deputado federal Eduardo Bolsonaro fosse condenado a lhe pagar indenização de R$ 131 mil por danos morais.

Continua depois da Publicidade

Em 2020, Eduardo Bolsonaro compartilhou publicação que dizia que Marisa tinha 256 milhões de reais investidos, quando, na verdade, o montante era de 26 000 reais. O equívoco foi atribuído a um erro de digitação de um juiz da 1ª Vara da Família de São Bernardo do Campo (SP).

Na decisão que livrou o parlamentar da indenização, o desembargador Rômulo de Araújo Mendes, do TJDFT, apontou a confusão dos valores e defendeu que o comentário do filho ’03’ de Bolsonaro não demonstrou intenção de ferir o direito de personalidade de Marisa Letícia, “mostrando-se descabida a pretensão reparatória por danos morais”.

O magistrado determinou à Lula o pagamento das custas processuais e dos honorários da advogada de Eduardo, Karina Kufa.

Continua depois da Publicidade

*Com informações da Veja