Pesquisar por em AM POST

Brasil

Moraes alfineta Eduardo Bolsonaro e relembra fala sobre fechamento do STF: “Cabo e soldado estão presos e o Supremo aberto”

O presidente do TSE, Alexandre de Moraes, fez referência à fala de que seria necessário um “soldado e um cabo” para fechar a corte.

  • Por AM POST

  • 22/05/2024 às 15:10

  • Leitura em três minutos

Em uma recente declaração, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, alfinetou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e relembrou fala do político de 2018 sobre o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante pronunciamento nesta quarta (22/5), Moraes ironizou o comentário de Eduardo, que sugeria que apenas “um cabo e um soldado” seriam suficientes para fechar a Suprema Corte.

“Todos se recordam que bastava um cabo e um soldado para fechar o Supremo Tribunal Federal. O cabo, o soldado e o coronel estão todos presos e o Supremo Tribunal Federal aberto e funcionando”, afirmou Moraes, em tom de ironia. A fala do ministro se refere à prisão de militares envolvidos em atos do 8 de janeiro e reitera a estabilidade e o funcionamento contínuo do STF, mesmo frente a ameaças e desafios.

PUBLICIDADE

Moraes aproveitou a oportunidade para ressaltar que não foram apenas “um cabo e um soldado”, mas milhares de pessoas que participaram dos ataques violentos contra o STF no dia 8 de janeiro de 2023. Naquela ocasião, manifestantes invadiram e depredaram as sedes dos três poderes em Brasília, num episódio que chocou o país e a comunidade internacional.

PUBLICIDADE

A declaração de Eduardo Bolsonaro, que agora é lembrada e rebatida por Moraes, foi feita em 2018, pouco antes das eleições presidenciais. Em um vídeo que circulou amplamente na época, o deputado respondia a um questionamento sobre a possibilidade do STF impedir a posse de seu pai, Jair Bolsonaro, caso ele fosse eleito presidente no primeiro turno.

“O STF vai ter que pagar para ver. E aí, quando ele pagar para ver, vai ser ele contra nós. Você está indo para um pensamento que muitas pessoas falam, e muito pouco pode ser dito. Mas, se o STF quiser arguir qualquer coisa – recebeu uma doação ilegal de 100 reais do ‘José da Silva’ e então impugna a candidatura dele –, eu não acho isso improvável, não”, declarou Eduardo Bolsonaro na ocasião. Ele ainda reforçou sua posição, repetindo que o STF teria que “pagar para ver” e questionando a força do órgão. “O pessoal até brinca lá: se quiser fechar o STF, você sabe o que você faz? Você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo. Não é querer desmerecer o soldado e o cabo, não”, completou.

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista
blank

O autismo é um Universo Paralelo que incessantemente pede permissão para fixar-se no terreno dos saberes.

- JESUS,D.F

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank