Mulher é detida pela PF após se recusar a usar máscara e fazer barraco em voo da Azul

Por meio de nota, a Azul disse que a mulher foi contida e conduzida pela Polícia Federal após o desembarque.

Agência Record

Uma mulher foi detida pela Polícia Federal, nessa segunda-feira (14), após se recusar a usar a máscara de proteção contra covid-19 em um voo da Azul, que saiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino ao aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Continua depois da Publicidade

A Companhia aérea disse que a cliente “foi desembarcada de uma de suas aeronaves” porque apresentou “comportamento inadequado, hostilizou e tentou agredir fisicamente a tripulação, ameaçando a segurança de voo”.

Por meio de nota, a Azul disse ainda que a mulher foi contida e conduzida pela Polícia Federal após o desembarque.

Imagens divulgadas pelo Instagram Gossip no Insta mostram o momento em que a mulher coloca o dedo próximo ao rosto de um membro da tripulação e começa a falar perto de seu rosto, sem a máscara. O homem, então, dá um golpe conhecido como mata-leão e recebe apoio de outras duas mulheres da tripulação para conter a passageira sem máscara.

Continua depois da Publicidade

https://www.instagram.com/p/CQH4qEIBQGo/