Pesquisar por em AM POST

Brasil

PF destrói 144 balsas usadas no garimpo ilegal de ouro no rio Madeira

No total, 144 balsas usadas por garimpeiros locais foram inutilizadas durante a operação.

  • Estadão Conteúdo

  • 12/10/2023 às 07:17

  • Leitura em dois minutos

Uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) resultou na destruição de dezenas de dragas, embarcações usadas no garimpo, no leito do rio Madeira, em Porto Velho. A operação, chamada “Metal Líquido,” teve como objetivo combater a extração ilegal de ouro na região.

No total, 144 balsas usadas por garimpeiros locais foram inutilizadas durante a operação. A prática de destruir as embarcações é permitida por lei em casos de crimes ambientais, a fim de evitar futuras infrações.

PUBLICIDADE

A operação envolveu 60 policiais federais e quatro servidores do Ibama e ocorreu ao longo de segunda-feira (9) e terça-feira (10). Segundo estimativas da PF, cada draga emite cerca de quatro toneladas de poluentes, resultantes da queima de combustíveis, e meio quilo de mercúrio por semana.

O mercúrio é amplamente utilizado no garimpo de ouro devido à sua capacidade de aderir ao metal precioso, facilitando a separação. No entanto, após essa etapa, o metal é aquecido até evaporar, liberando mercúrio na atmosfera. Esse mercúrio deposita-se nos rios por meio das chuvas, representando uma séria ameaça à saúde de animais e seres humanos devido à sua alta toxicidade.

A delegada Larissa Magalhães Nascimento, superintendente regional da Polícia Federal em Rondônia, enfatizou que a operação atingiu seu objetivo de minimizar a atividade de mineração nos rios do estado, uma atividade que causa prejuízos à população.

PUBLICIDADE

A PF ainda informou que estudos realizados pela equipe de perícia técnica da corporação evidenciaram a contaminação de ribeirinhos e comunidades indígenas que consomem água e peixes de regiões com alta densidade de dragas de garimpo de ouro. Segundo a Polícia Federal, os índices encontrados são três vezes superiores ao limite indicado pela Organização Mundial da Saúde.

O AM Post apoia a causa autista
blank

Hoje aprendi que à manifestação de carinho mais sincera é o de uma criança com Autismo! Estes anjos, tem a felicidade de ser veraz, não afetando-se com o meio.

- Winaldario Santos

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank